No Turismo Eclético de Amparo

Hoje quero te convidar para conhecer comigo a Capital Histórica do Circuito das Águas Paulista, a cidade de Amparo, que está a cerca de 130 km da capital de São Paulo.

Além da riqueza histórica de seus casarões e igrejas e das propriedades terapêuticas de suas águas, Amparo nos convida a um turismo muito eclético, que vai desde o turismo rural e enólogo, passando por mirante e hípica até chegar no Polo Astronômico, onde fica o maior telescópio aberto a observação pública do país.

Já deu pra notar que teremos muito o que fazer, não é mesmo? Então, vamos iniciar nosso tour?

Um brinde a Amparo!!!

Roteiro do Primeiro Dia – Jardim Público Municipal / Museu Bernardino de Campos / Rua Quinze de Novembro / Catedral Nossa Senhora do Amparo / Praça Pádua Salles

Mais uma vez tive a oportunidade de ser acompanhada nessa viagem pelos meus pais e minha irmã!!! Um enorme presente de Deus poder viajar em família depois de um longo período de isolamento social por conta da pandemia!!! Muita GRATIDÃO por tudo!!!!

Muita Gratidão a Deus por viajar em família!!!

Saímos de São Paulo numa quinta-feira por volta das 10h30 e chegamos em Amparo pouco depois do meio-dia. Ficamos hospedados na AFPESP (Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo), mas se você não for associado ou convidado de um associado, não se preocupe, a cidade oferece várias opções de hotéis e pousadas. Com certeza você vai encontrar alguma hospedagem que seja do seu agrado. E se for funcionário público associado aproveite para usufruir dessa Unidade de Lazer.

Como estamos em época de pandemia, vale lembrar que eles estão seguindo todos os protocolos de segurança para garantir que nossa estada seja tranquila e confortável.

Explorando os espaços da AFPESP
A linda área da Piscina…
E o Hall

Como chegamos na hora do almoço e ainda não tinha liberado o quarto (a diária começa a partir das 13h30), deixamos nossas malas guardadas na recepção e fomos almoçar no restaurante da própria AFPESP (a hospedagem é pensão completa e a comida estava excelente). Assim que o quarto foi liberado, deixamos nossa bagagem lá e fomos conhecer o centro da cidade!!!!

Nossa primeira parada foi no Jardim Público Municipal, que fica na Rua Carlos de Campos a cerca de 8 minutos de carro da AFPESP (como essa fica numa rodovia, a melhor maneira de se chegar ao Centro da Cidade é ir de carro mesmo, seja próprio, Uber ou táxi).

Jardim Público Municipal

Logo que chegamos ao Jardim Público Municipal, que é uma grande praça, nos deparamos com esse Lindo Portal de colunas gregas com estátuas no topo e ornamento metálico, datado de 1894.

No Lindo Portal do Jardim Público Municipal

O Jardim Público Municipal ou Parque “Alonso Ferreira de Camargo” foi construído em duas etapas (a primeira que ficou pronta em 1889 e a 2ª em 1895) no local onde era o antigo Cemitério Público da cidade, que foi transferido de lugar em 1887 e seu espaço foi aterrado para transformá-lo em parque, que contou com a ajuda e engajamento da população para fazer seu paisagismo e jardinagem. Mais detalhes de sua construção estão no site: http://estadodacultura.sp.gov.br/espaco/7664/

O Lindo Jardim Público Municipal

O Jardim Público Municipal é realmente muito bonito, além de momentos de lazer e contato com a natureza, vai lhe proporcionar lindas fotos na Ponte com a Fonte, no Coreto, entre outros lugares.

Passeando pelo Jardim…
Com a Família…
No Coreto

Mais informações sobre o Jardim Público Municipal estão na sua página do facebook:  https://pt-br.facebook.com/JardimPublicoemAmparoSp

Jardim Público Municipal

Nossa próxima parada foi no Museu Bernardino de Campos, instalado num prédio construído em 1885 que já foi residência, sede da Prefeitura e de outros órgãos públicos até se transformar no museu que tem um acervo riquíssimo de peças do século XIX e XX e é considerado um dos mais completos do Estado de São Paulo.

Museu Bernardino de Campos

Na primeira sala do Museu Bernardino de Campos aprendemos um pouco sobre a história da cidade de Amparo,  sobre o patrono do museu “Bernardino de Campos”, que foi governador de São Paulo por duas vezes e a importância da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro para o desenvolvimento da região. Tudo isso faz parte do módulo expositivo “Tempo da Cidade”.

Aprendendo sobre Amparo…
No “Tempo da Cidade”

E seguimos a visita para as outras salas, que também são separadas por módulos expositivos, como a “Hora de Plantar” que nos mostra objetos e artefatos da produção e preparo de café e sobre a contribuição dos imigrantes que vieram para trabalhar na plantação do grão.

Família na Exposição “Hora de Plantar”

Em seguida, fomos para a “Hora de Comer”, que além de nos mostrar objetos de cozinha e mesa e mobiliário da sala, nos convida a refletir sobre os costumes e o papel da mulher naquela época.

Chegamos na hora certa…
Com o Galo Carrinho de Sorvete

Também conhecemos a “Hora de Vestir” que nos apresenta desde acessórios femininos, como luvas, sapatos, sombrinha, passando por utensílios relacionados ao vestuário, como  máquina de lavar, ferro de passar, entre outros, até um ondulador de cabelos elétrico,  que eu achei interessantíssimo…

Olha que show esse ondulador de cabelos…

A sequência ficou por conta da “Hora de Brincar” , que além dos brinquedos infantis nos mostra a diversão dos adultos, através dos instrumentos musicais.

Entre Brinquedos…

Aproveitando o gancho da diversão, outro fator que também é muito importante para a nossa vida é a comunicação, seja por palavras ou imagens, e que é representada na “Hora de Encontrar”,  através dos meios de comunicação como Televisão, rádio, computadores, entre outros.

Uma típica sala com Conversadeira e Televisão

Na próxima sala, temos a “Hora de Cuidar” que nos apresenta vários utensílios e aparatos médicos e odontológicos e nos explica quais eram as principais doenças e desafios enfrentados na saúde no início de 1900.

Na Hora de Cuidar…

A última sala do circuito dos módulos expositivos é a “Hora de Pensar” que nos mostra objetos de construção, como telhas e tijolos e nos conta curiosidades sobre as casas serem construídas sobre porões vazios para evitar doenças, nos chamando a atenção para a importância da habitação. Além de uma ala dedicada à Revolução Constitucionalista de 1932, na qual a cidade de Amparo desempenhou um papel bem marcante, nos convidando a refletir também sobre a influência política sobre o indivíduo.

Materiais de Construção
Revolução Constitucionalista de 1932 e…

O Museu Bernardino de Campos fica na Rua Luiz Leite nº 07 e funciona de quarta a sábado das 10h às 16h e aos domingos e feriados das 9h às 15h. A entrada é gratuita e maiores informações estão na página do museu no facebook: https://www.facebook.com/museubernardinodecampos/ .Vale muito a pena essa visita!!!

Saindo do Museu em direção à Catedral, passamos pela Igreja Nossa Senhora do Rosário,  que foi construída em 1931 e fica no Largo do Rosário. Ela estava fechada, mas tem uma arquitetura externa muito bonita. Acredito que internamente também seja assim. Se quando você for estiver aberta, deixe nos comentários o que você achou. Dizem que as famílias mais ricas e abastadas assistiam à missa de balcões superiores e os pobres do térreo.

Igreja Nossa Senhora do Rosário

Passamos também pela rua Quinze de Novembro¸ que é repleta de casarões antigos, que abrigam bares, restaurantes, entre outras atividades comerciais. É uma verdadeira volta ao passado, caminhar por ela…

A charmosa Rua Quinze de Novembro

Falando em Casarões Antigos, na Praça Monsenhor João Batista Lisboa, onde fica a catedral, existem muitos deles que são um verdadeiro charme, entre eles a Biblioteca Pública Municipal, que funciona de segunda a sexta das 9h às 19h.

Um dos lindos Casarões Antigos…
E a Biblioteca Municipal

Agora sim vamos visitar a lindíssima Catedral Nossa Senhora do Amparo, cuja história tem uma ligação muito intrínseca com a fundação da cidade.

Na Catedral de Nossa Senhora do Amparo

A Catedral Nossa Senhora do Amparo começou como uma capela dedicada à Nossa Senhora do Amparo construída em 1824 num terreno doado por um dos primeiros povoadores de Amparo, o Sr. João Bueno da Cunha. A Catedral atual foi construída atrás do lugar onde ficava essa primeira capela. E em 8 de abril de 1829, o bairro onde estava localizada essa capela recebeu o título de “capela curada”, marcando assim a data oficial fundação de Amparo (que foi elevada à categoria de cidade em 1863).

A Catedral Nossa Senhora do Amparo é realmente muito bonita e cheia de detalhes que encantam os olhos, como o teto todo trabalhado, colunas em mármore, vitrais lindíssimos, entre outros elementos.

Que lindo o interior da Catedral Nossa Senhora do Amparo
Detalhes do teto e colunas em mármores

A consagração da Igreja Matriz como Catedral Nossa Senhora do Amparo aconteceu em 1878 e também chegou a imagem de Nossa Senhora do Amparo vinda  de Portugal, da cidade do Porto. Que Nossa Senhora do Amparo abençoe a todos nós!!!!

Nossa Senhora do Amparo

Ao lado do altar da Catedral Nossa Senhora do Amparo, fica a Capela de Adoração do Santíssimo, que é um verdadeiro encanto e um lugar muito abençoado.

Capela de Adoração do Santíssimo…
E detalhe do seu Altar

A Catedral Nossa Senhora do Amparo fica na Praça Monsenhor João Batista Lisboa, 175 e funciona de segunda a sexta das 8h às 11h e das 13h às 17h e aos sábados das 8h às 12h e das 18h às 20h30 e aos domingos das 9h às 11h e das 18h às 20h. Mais detalhes estão no site: http://www.diocesedeamparo.org.br/index.php/2016/05/03/paroquia-catedral-nossa-senhora-do-amparo-amparo/

Saindo da Catedral, fomos até o Mercado Municipal  que estava fechado pra reforma. Sua inauguração se deu em 1912 e sua arquitetura é muito bonita, inspirada em tradição árabe. Vamos torcer para que na nossa próxima visita ele já esteja pronto!!! Ele fica na Rua Prefeito Alcides Penteado, também na região central da cidade.

Mercado Municipal de Amparo

Nossa próxima parada foi na Praça Pádua Salles, que é um grande centro de lazer onde acontecem os principais eventos de Amparo (como as comemorações do aniversário da cidade em 08 de abril). Também abriga vários monumentos como o Obelisco do Centenário da Independência do Brasil, o Índio, o Monumento aos Expedicionários, entre outros.

Na Praça Pádua Salles…
Obelisco do Centenário da Independência do Brasil

A Praça Pádua Salles também é conhecida com Praça da Estação ou Largo da Estação, por conta da Estação da Mogiana Estrada de Ferro, que foi inaugurada em 1875, fazendo parte de um ramal que ligava Jaguariúna a Socorro, mas foi desativada em 1967. De qualquer forma, vale a pena apreciar sua arquitetura. Mais informações sobre a praça estão no facebook: https://pt-br.facebook.com/PracaPaduaSallesLargoDaEstacao

Antiga Estação Ferroviária da Mogiana

A cidade de Amparo foi uma grande produtora de café nessa época da construção da ferrovia e prosperou muito, até vir a crise de 1929, que foi um baque na economia local, que só conseguiu melhorar a partir da década de 1940 com o início da atividade industrial. E atualmente tem retomado a produção de café e o desenvolvimento do turismo, por fazer parte de uma das Estâncias Hidrominerais do Circuito das Águas Paulista. Para saber maiores informações sobre a cidade e também sobre o roteiro de hoje, é só dar uma olhadinha no site: https://www.amparo.sp.gov.br/turismo/onde-ir

Roteiro do Segundo Dia – Cristo Redentor / Vinícola Terrassos / Cutelaria Bianchi /  Igreja de São Sebastião / Polo Astronômico de Amparo / Chopperia Paraty

Começamos nosso roteiro de hoje de uma forma muito especial, vamos visitar o Cristo Redentor de Amparo,  que fica no Parque Municipal Chico Mendes e nos proporciona uma linda vista da cidade.

Cristo Redentor de Amparo
Parque Chico Mendes e…
E sua linda vista!!!

A Estátua do Cristo Redentor mede 12m de altura e está sobre um pedestal mais de 5m. A obra foi inaugurada em 1966, mas o parque em si, com toda infraestrutura de estacionamento e lanchonete, só foi inaugurado posteriormente, em 1986, e em setembro de 2020 todo o complexo (conhecido também como Morro do Cristo) foi restaurado. Vale lembrar que tem Rampa de Acesso ao Cristo para garantir acessibilidade a todos que desejam visitá-lo.

O Cristo e Eu
Rampa de Acesso ao Mirante do Cristo
Lanchonete do Cristo

Logo que chegamos ao Morro do Cristo, já nos deparamos com essas lindas paisagens.

A Família no Mirante do Parque Chico Mendes

E subindo a rampa, para chegar mais pertinho do Cristo Redentor, fomos presenteados com essa vista encantadora da cidade e com um profundo sentimento de GRATIDÃO e contentamento por estarmos em família e juntos ali, com Jesus Cristo de braços abertos a nos acolher e abençoar!!! Desejo que nesse momento, ao ler essas palavras, você se transporte para lá e se imagine nos braços de Jesus, sinta Seu acolhimento e amor. Que Ele possa ouvir seu coração e lhe cubra de bençãos infinitas!!!!

Linda Vista com destaque para a Catedral no Centro
Muita Gratidão por ter a Família reunida junto ao Cristo

O Cristo Redentor/ Parque Munipal  Chico Mendes fica na Estrada Afonso Ribeiro Persicano e mais informações estão no facebook: https://pt-br.facebook.com/CristoRedentorAmparoSPBrasil/ . Ah! Dá só uma olhadinha nesse vídeo que postei no nosso Canal no Youtube pra contemplar ainda mais essa vista maravilhosa: https://youtu.be/MCn0407ugKc

Não parece uma pintura?

Dali seguimos para a Vinícola Terrassos, que surgiu a partir do sonho do Fábio Nascimento (seu proprietário), que nos conduziu na visita e nos mostrou que realmente vale a pena acreditar em nossos objetivos e lutar por eles, que a realização é gratificante!!!

A entrada da Vinícola Terrassos
E logo que entramos nos deparamos com esse lindo cenário
Com nosso anfitrião Fábio Nascimento
A Família na Vinícola Terrassos

A história da Vinícola Terrassos, começou em 2002, quando o Fábio estava trabalhando com implementação de sistemas na Tailândia e surgiu a curiosidade sobre vinhos. Estudando, ele descobriu que cada lugar do mundo tem um vinho específico, e pensou como seria o vinho produzido em Amparo (terra dos seus pais)… Então, voltou para o Brasil, comprou a propriedade em 2002 e em 2003 começou a plantação de uvas. Depois de muita dedicação e aprendizado, em 2012 a Vinícola estava surgindo com a elaboração de vinhos únicos e em 2015 foi inaugurado um aconchegante restaurante.

Conhecendo o Parreiral…
E o aconchegante restaurante…

Depois dessas explicações iniciais, fomos conhecer a produção do vinho, que chega a 20 mil/l por ano, já que o clima da região na altitude na Serra da Mantiqueira possibilita ter de duas a três safras por ano. Nessa visita, pudemos ver a desengaçadeira (que separa os talos da uva), a prensa (que vai extrair o suco das uvas para começar o processo do vinho), os tanques (para a fermentação), a adega onde também ficam os barris de carvalho (onde ocorre o processo de envelhecimento do vinho Syrah), entre outros espaços da fábrica.

E a Adega!!!

Agora que já aprendemos um pouco sobre a produção, chegou a hora da  Degustação dos Vinhos da Vinícola Terrassos, na qual são apresentados  vários tipos de vinhos, começando com o “Moscatel Branco”, passando pelos “Máximo”, feitos com a Uva Máximo, que é própria da região e foi desenvolvida pra eles e depois por vinhos da Uva Syrah com a Maximo e também sozinha. Minha família super aprovou a degustação e todos esses vinhos, entre outros, estão à venda na Loja da Vinícola (acredito que vai ser difícil resistir e você vai acabar comprando alguns para levar pra casa…).

Hora da Degustação dos Vinhos!!!!

Não falei que era difícil resistir à Loja?

Você pode participar só da degustação, ou optar pelo Piquenique, no qual a degustação está inclusa e também 1 garrafa de vinho Máximo, duas porções de massa ou uma tábua de queijos, pães, antepasto e duas águas (no valor de R$ 150,00 para duas pessoas) e você fica à vontade para tomar seu vinho enquanto explora os lindos espaços da Vinícola Terrassos e  aprecia essa vista encantadora. Como a área é aberta, é super tranquilo para manter o distanciamento social e eles estão seguindo todos os protocolos de segurança para garantir que a experiência seja muito agradável.

Da Vinícola Terrassos

Com um brinde, nos despedimos da Vinícola Terrassos!!! Lembrando que ela fica na Rodovia SP 352, Km 137 (tem placa indicando a entrada na estrada e uma parte do percurso é feita em estrada de terra). Para fazer o piquenique é necessário reserva antecipada, mais detalhes e informações estão no site: http://terrassos.com.br/ . Saúde!!!

Saúde!!!!

Saindo da Vinícola, passamos pelo Parque Ecológico Municipal “Dr. Paulino Recch” também conhecido como Orquidário,  por causa da grande plantação de Orquídeas que possui. Em virtude da pandemia, ele ainda estava fechado, então não conseguimos visitá-lo, mas mesmo por fora, foi possível ter uma ideia de como é bonito. Então vou deixar aqui como dica, se ele estiver aberto quando você for na cidade, vale a pena dar uma passadinha por lá. O Parque fica na Rua Salermo no Bairro Silvestre.

Parque Ecológico Municipal “Dr. Paulino Recch”

Bem pertinho do Parque Ecológico, fica a Cutelaria Bianchi, que é uma famosa fábrica de facas e canivetes da região. Começou com produção artesanal nos anos 60, passando à industrial em 1983, devido à grande demanda. Não tem visitação à fábrica, mas tem um show-room e catálogo de produtos na recepção para que você possa escolher o que quer. Quem gosta de culinária vai se apaixonar porque tem uma variedade muito grande de produtos para todas as ocasiões, kits bem interessantes para presentes e os preços são muito bons. A Cutelaria fica na R. Prof. Aristides Gurjão, 160 – Jardim Silmara e mais informações estão no site: https://cutelariabianchi.com.br/ . Apesar da coincidência do nome, não tenho parentesco com eles… rsrs

A fábrica da Cutelaria Bianchi
Detalhe do Kit Grill da Cutelaria Bianchi

Continuando nosso tour, fomos visitar a Paróquia de São Sebastião, que possui uma arquitetura muito bonita e diferente, que já chamou a nossa atenção logo que entramos em Amparo. A Igreja tem formato circular, parecendo uma arena de esportes e o altar fica na lateral e não no centro como é comum nas igrejas.

Paróquia de São Sebastião
Parece que o altar está no centro, mas…
Ele está na lateral…

A construção dessa atual Paróquia de São Sebastião começou em 1969 e terminou no início da década de 1980, mas a devoção é bem anterior, desde o século XIX e a Comunidade de São Sebastião começou com o pagamento de uma promessa feita pelo cristão Claudino Antônio Araújo que pediu a intercessão do Santo para proteger a cidade de Amparo de uma epidemia de Febre Amarela.

A Paróquia de São Sebastião fica na Av. Dr. Coriolano Burgos S/N – Jardim São Lourenço e mais informações estão no site: http://saosebastiaoamparo.com.br/. Que São Sebastião e Nossa Senhora Aparecida (que nesse cenário simbólico está realmente cuidando da Terra, amparada por anjos) possam abençoar a todos e livrar o mundo dessa pandemia e de todos os perigos!!!

Abençoem a todos nós!!!

Com as energias renovadas e bençãos recebidas na Igreja de São Sebastião, seguimos para o próximo passeio de hoje, que vale muito a pena você incluir no seu roteiro. Estou falando do Polo Astronômico de Amparo, que foi inaugurado em 2015, por iniciativa privada, com o objetivo de divulgar a astronomia.

Polo Astronômico de Amparo

Quem nos conduziu nessa visita ao Polo Astronômico de Amparo, foi o Professor Carlos, uma pessoa excelente, de uma didática maravilhosa, que nos fez viajar por esse universo astronômico. Ele foi um dos idealizadores do projeto de criação do Polo e desse Telescópio (Telescópio Refletor de 650mm de abertura), que é o maior aberto à visitação pública do Brasil, e durou 20 anos para ser concluído.

Com o Professor Carlos

O Polo Astronômico de Amparo foi construído em uma área rural de 60.000 metros quadrados para permitir uma melhor visualização, a 1000 m de altitude e sem luz ao redor, a visibilidade do céu e também da paisagem ao redor é privilegiada. É possível fazer trilhas ecológicas guiadas para grupos previamente agendados para conhecer as particularidades da biodiversidade local.

Linda vista do Polo Astronômico

Na sessão do Planetário (que fica nessa cúpula arredondada),o Prof. Carlos nos explicou sobre o céu e preparou para a visitação. Foi muito interessante aprender sobre as estrelas, sobre como identificá-las no céu e muitas curiosidades, como descobrir que a Estrela Dalva, na verdade, não é uma estrela e sim o Planeta Vênus e seu nome significa que “vem DA ALVorada” porque é a primeira a aparecer no alvorecer e também ao entardecer, entre muitos outros detalhes. Além de poder ver o céu em qualquer data, através de um aplicativo, por exemplo, no dia do meu nascimento, havia uma conjunção entre Júpiter e Saturno e no dia do nascimento da minha irmã estava aparecendo Pegasus e o Planeta Júpiter… É muito interessante!!!

Planetário por fora…
E por dentro, com a Família atenta às…

Em seguida, fomos para o Observatório, que é onde se coloca em prática o que se aprende no Planetário. Através de equipamentos e telescópios última geração é possível observar a Lua, inclusive suas crateras, as estrelas, os anéis de Saturno e muito mais. Nossa visita estava marcada para o dia seguinte (à noite), onde conseguiríamos viver essa experiência de observação do céu, mas devido à previsão de chuva para o período noturno, foi adiantado porque não teríamos outra data disponível durante essa viagem. De qualquer forma, foi um passeio excelente e já está anotado na nossa agenda para voltarmos fora da época de chuva para fazermos essa observação noturna!

A Família no Observatório
E o maior telescópio aberto à visitação pública do Brasil

O complexo do Polo Astronômico de Amparo também conta com o Espaço Galileu que é uma lanchonete, com uma linda vista panorâmica.

Espaço Galileu….
E sua linda vista

Nossa visita ao Polo Astronômico de Amparo vai finalizando por aqui, com muita gratidão ao Prof. Carlos por toda a receptividade e a Querida Rita, que desde o primeiro contato foi super atenciosa e gentil conosco!!! Lembrando que o Polo fica na Rodovia Benevenuto Moretto, Km 29, S/N – Sertãozinho. Mais informações e vendas de ingressos estão no site: https://www.poloastronomicoamparo.com.br/ !!

Depois dessa visita incrível ao Polo Astronômico, fomos encerrar o roteiro de hoje na Chopperia Paraty, que fica na Av. Dr. Carlos Burgos, 1630 no Centro de Amparo e é um dos points da cidade. Maiores informações estão no Instagram: https://www.instagram.com/chopperiaparaty/?hl=pt-br

Na Chopperia Paraty!!!
Comemorando com a Família mais esse dia especial!!!

Viva!!!!

Roteiro do Terceiro Dia – Fazenda Atalaia / Igreja de São Benedito / Centro Hípico Hipocampo / Família Carra (Sítio Bom Retiro)

O roteiro de hoje também promete ser bem animado! Vamos começar visitando a Fazenda Atalaia, uma fazenda centenária que é famosa pela produção do queijo “Tulha”, o primeiro queijo brasileiro a ser premiado no exterior.

Fazenda Atalaia
E seus queijos

A Fazenda Atalaia surgiu em 1860, no auge da produção de café, mas com a crise de 1929, eles tiveram que buscar outras alternativas, como a criação de um alambique, e atualmente, se dedicam à produção de queijos e também ao turismo histórico e rural, através do qual os visitantes podem ter contato com a natureza e ainda levarem uma bagagem cultural na memória. É um excelente passeio em família, além de aprendermos muito, ainda tivemos o privilégio da visita desse fotogênico Saguizinho enquanto esperávamos para fazer o tour guiado. 

Explorando a Fazenda Atalaia…
Com Minha Família…
E tendo a oportunidade de ver esse lindo Saguizinho!!!

Quem nos conduziu no Tour Histórico Guiado foi a Querida Meiri, que nos explicou em detalhes toda a história da Fazenda Atalaia e como vem sendo desenvolvido seu processo de restauração desde 2012, e ainda nos deu uma aula sobre os queijos durante a degustação.  

Com a Nossa Guia Meiri

Começamos o Tour Guiado pela Fazenda Atalaia no Restaurante, que serve café da manhã e almoço com tudo que é produzido na própria fazenda. O espaço onde fica é chamado de Tulha¸ que é uma espécie de armazém, que abrigava o café. As paredes largas de taipa de pilão e o piso de madeira garantiam a temperatura e protegiam o café da humidade.

Armazém “Tulha” – detalhe da largura da parede…

O famoso Queijo Tulha da Fazenda Atalaia também é armazenado em Tulha (por isso sua denominação em homenagem a esse espaço) e fica lá por um ano para curar. Ele começou a ser produzido em 1995 pela Rosana (uma das donas da Fazenda) e em 2016 foi recebeu medalha de ouro no World Cheese Awards em San Sebastian, na Espanha.

Seguimos nossa visita, conhecendo uma Máquina Antiga de Beneficiar Café, depois fomos visitar outros espaços da Fazenda Atalaia, como o Terreiro de Café (onde este ficava secando), tendo ao fundo a Tulha, a Casa Sede e uma linda vista da Serra da Mantiqueira, parecendo uma pintura… Também aprendemos como são feitos os tijolos de taipa de pilão com material reciclado para as restaurações. Achei uma ideia interessantíssima, um verdadeiro exemplo de sustentabilidade, que poderia ser usado em grande escala nas construções!!! Vamos torcer!!!

Máquina Antiga de Beneficiar Café
A parede restaurada e…
No Terreiro de Café…
Que mais parece cenário de um quadro…

Continuamos explorando a Fazenda Atalaia, conhecendo sua Horta, seus Currais, a Toca da Figueira, que é o local onde o Queijo Mogiana é maturado no subsolo e que fica ao lado da famosa Figueira Centenária, que tem 500 anos.

A Horta…
Um dos Currais
A Toca da Figueira
E a Figueira Centenária

Ao lado da Figueira Centenária,fica o Meliponário, onde ficam as abelhas nativas sem ferrão, como da espécie Marmelada e Jataí.

Conhecendo o Melipolinário e…

Depois desse tour pela Fazenda Atalaia, chegou a hora de um dos momentos mais esperados: a Degustação de Queijos, que é bem diversificada. Prepare-se porque vai ser difícil escolher qual seu preferido para levar pra casa….

Hora da Degustação dos Queijos
Queijos em Maturação

A Meiri foi nos explicando sobre o processo de produção de cada um dos Quejos a serem degustados. Experimentamos o Requeijão; o Queijo Neblina (que foi um dos meus preferidos, só é produzido no verão e parece com o Brie); o Orvalho e o Boursin (que é feito com leite de cabra, servido no azeite e cada bolinha é moldada manualmente). Até aqui foram queijos que precisam de refrigeração.

Seguimos agora para os Queijos Maturados, que possuem uma casca natural e um sabor característico, como o Mantiqueira, que em guarani significa “Serra que Chora” e é muito usado em aperitivos; o Campos do Pantaleão, que é bem diferente, maturado com lavanda; o Provolone, que utiliza fumaça líquida no seu processo de defumação; o Mogiana, que é maturado na Toca da Figueira (conforme comentei anteriormente, lembra?), sua cor alaranjada vem do urucum e seu nome é em homenagem à Ferrovia Mogiana que foi muito importante para a cidade.

Está pensando que a degustação terminou? Ainda não… Continuando com os queijos maturados, ainda experimentamos o Queijo Taipa¸ que é bem leve e tem baixo teor de lactose; o Queijo Figueira¸ que é todo furadinho, também leva urucum no seu processo de fabricação e tem o nome em homenagem à Figueira Centenária; o Terreiro, que é o Queijo Mantiqueira com a maturação de um ano; o Trilha,  que é produzido com leite de cabra; o famoso Queijo Tulha (que comentei anteriormente) cuja premiação foi mais que merecida, porque ele tem um sabor muito diferenciado, apresentando notas cítricas sabor maracujá decorrentes de seu processo natural de maturação. Finalizamos a degustação com o Queijo Alvorada, que matura por 60 dias em câmara fria e lembra o Gorgonzola.

Fala a verdade, agora ficou difícil de escolher qual queijo levar pra casa, não é mesmo? Então, se ficar na dúvida, leve um pedacinho de cada, para harmonizar com os vinhos das vinícolas da região 😉. Aproveite também para conhecer as outras delícias da Lojinha da Fazenda Atalaia, como doces de leite, bolos, pães, entre outros produtos.

Escolhendo meu queijo…
Pra levar pra casa…

A Fazenda Atalaia fica na Rodovia SP 352- Km 137,5 – Alferes Rodrigues – Amparo. As visitas guiadas com degustação dos queijos acontecem aos sábados e domingos às 10h30 e 15h e custam R$ 30,00 por pessoa (e tem a possibilidade de contratar o tour com almoço). Para saber mais informações é só acessar o site:  https://www.fazendaatalaiaamparo.com.br/

Nossa próxima parada do roteiro de hoje foi na Igreja São Benedito¸ que teve sua origem nos esforços de José Ortiz de Camargo, um humilde carroceiro negro, que arrecadava materiais para a construção de uma Igreja em homenagem a São Benedito, mas faleceu antes da obra estar concluída em 1885. Até 1912, essa Igreja pertencia à Paróquia de Nossa Senhora do Amparo, tornando-se Paróquia própria em 1965. Não foi possível visitar seu interior, porque a Igreja estava fechada, mas conseguimos visitar a Gruta que se encontra no jardim.

Igreja de São Benedito

A Igreja São Benedito fica no Largo São Benedito, 117 no Centro de Amparo e você encontra mais informações no site: http://www.diocesedeamparo.org.br/index.php/2016/05/04/paroquia-sao-benedito-amparo/ . Que São Benedito possa abençoar a todos nós!!!

Saindo dali, fomos conhecer o Centro Hípico Hipocampo, que é uma Hípica, com uma excelente infraestrutura para você apreciar os cavalos e ainda curtir a natureza, inclusive fazer aulas de equitação (mediante agendamento prévio).

Centro Hípico Hipocampo
Conhecendo suas dependências…
Restaurante…
E os lindos cavalos, como esse fofucho aqui!!!

Quem nos conduziu na visita ao Centro Hípico Hipocampo foi o Marcelo, uma pessoa incrível e que é apaixonado pelo que faz, o carinho que ele tem pelos animais e a reciprocidade existente é contagiante! Parabéns, Marcelo!!! Continue assim!!!

Nosso anfitrião Marcelo

Durante o tour pelo Centro Hípico Hipocampo, tivemos a oportunidade de aprender muito sobre o universo dos cavalos e como eles são animais tão sensíveis e generosos com o ser humano. Tivemos a chance de chegar bem pertinho deles e até alimentá-los com sua ração favorita, como minha irmã fez com o Devaneio.

Em contato com os adoráveis cavalos
A Família toda aproveitando esse momento!!!
E Minha Irmã alimentando o “Devaneio”

Visitamos os diversos espaços do Centro Hípico Hipocampo, vimos um cavalo mais lindo que o outro e até conhecemos esse bebezinho que é muito fofo e carismático.

Passeando pelo Hipocampo…
Vendo esses lindos…
E completamente encantados por esse Bebezinho…
E toda a turma dos carismáticos e fotogênicos!!!

O Centro Hípico Hipocampo fica na Rua Dr. Virgílio Paiva Junior, S/N e mais informações estão no site: http://www.hipocampo.com.br/

E para encerrar o tour de hoje fomos até a Família Carra,no Sítio Bom Retiro, que é uma família que está em sua 5ª geração (vinda com a Imigração Italiana com o Sr. Domenico Carra). As Estátuas de Leões na entrada fazem parte do brasão dessa Família, que há anos se dedica à produção de bebidas artesanais.E

Entrada da Família Carra/ Sítio Bom Retiro
O Brasão da Família Carra

O Sítio Bom Retiro possui instalações rústicas do início do século XIX, que foram preservadas e numa delas está a Adega¸ onde ocorre a degustação das bebidas da Família Carra.

O Sítio Bom Retiro…
Adega por fora…
E por dentro

Falando em Degustação, quem nos guiou nessa tarefa foi o Rafael, que nos contou sobre toda a dedicação e carinho que a Família Carra tem pelo que faz! O que se reflete na qualidade de seus produtos. Lógico que a degustadora oficial do blog, minha irmã Ane, ficou com a missão de conferir esse sabor. Entre os vinhos degustados estavam o “Bordô Suave”,  o “Tannat” e o “Merlot”!

Nosso Guia Rafael…
Os Vinhos a serem degustados…
E a Degustadora Oficial do Blog

E para fechar a Degustação com chave de ouro, foi escolhido o “Demi Panachê”, que é uma exclusividade da Família Carra! Inspirado na tradição francesa, e depois de muito estudo e dedicação, chegou-se a perfeita união entre a refrescância do limão siciliano com o aroma e sabor do vinho rosé. A cor é belíssima e a Degustadora Oficial do Blog super aprovou (tanto que ia levar só uma garrafa e acabou levando a caixa com seis). Além disso, a produção da bebida se dá por meio de lavouras sustentáveis e é comercializada em garrafas de vidro de 600 ml (retornáveis) para preservação do meio ambiente.

A Degustadora Oficial do Blog numa dúvida cruel…

A Família Carra / Sítio Bom Retiro fica na Rodovia SP 105 (Rodovia Dr. Rubens Pupo Pimentel), Km 9,3 – Serra Negra (apesar de pertencer à Serra Negra, fica bem próximo à divisa com Amparo). Para saber mais informações e detalhes sobre os produtos é só acessar: https://familiacarra.com.br/ . Também é difícil escolher o que levar dessa Loja…

A Loja da Família Carra

Roteiro do Quarto Dia – Fazenda Benedetti

Nosso tour por Amparo vai chegando ao fim, e nossa despedida teria que ser de uma forma muito especial, então vamos visitar a Fazenda Benedetti, que é bem tradicional na cidade, marcada por sua história, preservação de sua área verde e qualidade de seus produtos artesanais.

Fachada da Fazenda Benedetti
A família aproveitando a Fazenda…

A Fazenda Benedetti surgiu em 1929, quando o Sr. Antonio Benedetti, que havia perdido toda a produção do café por conta da crise desse ano, recebeu um alambique como forma de pagamento de uma dívida, e foi fazer açúcar e melado para sustentar a família. Porém, não se deixou abater, se reinventou e começou a produzir aguardente de cana, vendendo primeiramente o que sobrava do consumo próprio para os vizinhos, que foram espalhando a fama da cachaça, até chegar ao sucesso atual, que vem sendo mantido com muito esforço e dedicação pela 4ª geração da Família Benedetti, representada aqui pelo Jorge¸ que com toda gentileza e atenção, foi nosso anfitrião em grande parte da visita!

Na Tradicional Fazenda Benedetti
O Nosso Anfitrião Jorge
E alguns dos produtos da Fazenda…

Mas antes de começarmos o tour com o Jorge, quem nos conduziu na Degustação das Cachaças foi a Cristiane, super simpática e prestativa, que nos mostrou desde as Cachaças Saborizadas, com frutas tropicais, mel, anis, entre outros sabores, passando pela Flor da Montanha,  que já foi premiada com medalha de ouro no Concurso Mundial de Bruxelas em 2014 e na Expo Cachaça em 2018, até a Cachaça do Gran Nonno  (que vamos conhecer a Reserva mais adiante), entre outras bebidas.

Com a Cristiane!!! Nossa Guia nessa parte do tour!!!
Só aumentando a lista de Degustadores Oficiais do Blog…
Teve alguém que adorou esse posto

Nessa Adega da Fazenda Benedetti também tivemos a oportunidade de ver os Tonéis de 10 mil litros de cachaça, as Adegas e os Pingômetros, e até uma Edição Especial e Limitada da Cachaça Antonio Benedetti¸ que foi premiada na Expo Cachaça de 2019.

A Família na Adega da Fazenda Benedetti
Com as Adegas e os Pingômetros
A Edição Especial da Cachaça Antonio Benedetti

Seguimos agora para a Adega “Reserva do Nono”, que foi nos apresentada pelo Jorge, e onde cada barril é de uma madeira diferente, como a de Amburana, Jequitibá Rosa, Carvalho Americano, Amendoim, entre outras. Sendo que muitas dessas cachaças já foram premiadas. E tem a experiência do cliente poder degustar e encher sua própria garrafa.

Na Reserva do Nono
Enchendo a Garrafa direto da Fonte!!!

O Jorge também nos levou para conhecer o Café Spazio Benedetti, onde todos os produtos são cultivados e produzidos aqui, como o café, os bolos, doce e pães. Além de ser um ambiente muito aconchegante e acolhedor.

Área externa do Café…
Spazio Benedetti
E a Área Interna

Na Loja Spazio Benedetti, encontramos o Café Fazenda Benedetti¸que já foi premiado no Concurso do Circuito das Águas, também licores, mel, fubá, entre muitos outros produtos que são fabricados tanto por eles quanto por produtores locais para valorizar o que é feito na região. Uma excelente iniciativa!!! E ainda tem a Panetteria Zia Thereza, que é a padaria artesanal da Fazenda.

O Premiado Café da Fazenda Benedetti
Recebendo uma lembrança do Jorge na Loja Spazio Benedetti! Muita Gratidão pela Gentileza!!!

A Fazenda Benedetti possui mais de 100 hectares de terra, com uma ampla área verde, com lagos, nascentes, animais, outra área destinada à plantação de cana, e também ao cultivo de milho, café e feijão. Ainda tem espaço para trilha e outras novidades que estão a caminho e que eu te contarei na próxima vez que voltar a visitá-la.

Explorando os espaços da…
Da Fazenda Benedetti

Lembrando que a Fazenda Benedetti fica na Rodovia SP-360 (Rodovia Amparo/Serra Negra), Km 138, S/N – Almeidas e mais informações estão no site: https://www.fazendabenedetti.com.br/. Vale muito a pena incluir essa visita no seu roteiro!!!

Fazenda Benedetti

Nesse clima de contato com a natureza, vou encerrando esse post. Agradeço de coração sua companhia!!! E lembrando que se você gostou da postagem, compartilhe com seus amigos para que possam se divertir também, e siga nossas redes sociais para saber em primeira mão as novidades: Instagram (@cadaviagemumabagagem) e Facebook (https://www.facebook.com/cadaviagemumabagagem/ )  e se inscreva no nosso canal do Youtube (Cada Viagem uma Bagagem): https://www.youtube.com/channel/UC5Q29-MYuWjvPH__wWhF42A

Até Logo, Amparo!!!

In the Eclectic Tourism of Amparo

Today I want to invite you to know with me the Historical Capital of the “Circuito das Águas Paulista” (Water Circuit of São Paulo), the city of Amparo, which is about 80 miles from the capital of São Paulo.

In addition to the historical richness of its mansions and churches and the therapeutic properties of its waters, Amparo invites us to a very eclectic tourism, ranging from rural tourism and winemaker, through a lookout and horse riding until arriving at the Astronomical Pole, where is the largest telescope open to public observation of the country.

You already realized that we will have a lot to do, right? So, are we going to start our tour?

A Toast to Amparo!!!

First Day Itinerary – Municipal Public Garden / “Bernardino de Campos” Museum / “Quinze de Novembro” Street / “Nossa Senhora do Amparo” Cathedral / “Pádua Salles” Square

Once again I had the opportunity to be accompanied on this trip by my parents and my sister!!! A huge gift from God to be able to travel with the family after a long period of social isolation due to the pandemic!!! Much GRATITUDE for everything!!!!

Thanks God for my Family!!!

We left São Paulo on a Thursday around 10:30 am and arrived in Amparo shortly after noon. We stayed at AFPESP (Association of Employees of the State of São Paulo), but if you are not a member or guest of an associate, don’t worry, the city offers several options of hotels and inns. You will certainly find some accommodation to your liking. And if you are an associated civil servant, take advantage of this Unit.

As we are in a pandemic season, it is worth remembering that they are following all safety protocols to ensure that our stay is smooth and comfortable.

Exploring AFPESP spaces
The Pool area
AFPESP Hall

As we arrived at lunch time and had not yet cleared the room (the rate starts from 1:30 pm), we left our bags at the reception and went to lunch at AFPESP’s restaurant (the food was excellent). As soon as the room was cleared, we left our luggage there and went to see the city center!!!!

Our first stop was at the Municipal Public Garden, which is located at  Carlos de Campos Street, about 8 minutes by car from AFPESP (as this is on a highway, the best way to get to the City Center is to go by car, be it your own, Uber or taxi).

Municipal Public Garden

As soon as we arrived at the Municipal Public Garden, which is a large square, we came across this Beautiful Gateway of Greek columns with statues on the top and metallic ornament, dating from 1894.

Municipal Public Garden Gateway

The Municipal Public Garden or Park “Alonso Ferreira de Camargo was built in two stages (the first which was completed in 1889 and the second in 1895) on the site of the old Public Cemetery in the city, which was moved in 1887 and its space was grounded to transform it into a park, which had the help and engagement of the population to do its landscaping and gardening. More details of its construction are on the website: http://estadodacultura.sp.gov.br/espaco/7664/

The Beautiful Municipal Public Garden

The Municipal Public Garden is really beautiful, in addition to moments of leisure and contact with nature, it will provide you with beautiful photos on the Bridge with the Fountain, in the Bandstand, among other places.

On the Bridge…
Family enjoying the Park…
In Bandstand

More information about the Municipal Public Garden can be found on its facebook page: https://pt-br.facebook.com/JardimPublicoemAmparoSp

Municipal Public Garden

Our next stop was at the Bernardino de Campos Museum, installed in a building built in 1885 that was once a residence, headquarters of the City Hall and other public bodies until it became the museum that has a rich collection of pieces from the 19th and 20th century and is considered one the most complete in the State of São Paulo.

Bernardino de Campos Museum

In the first room of the Bernardino de Campos Museum we learned a little about the history of the city of Amparo, about the patron of the museum “Bernardino de Campos”, who was governor of São Paulo twice and the importance of the Mogiana Railway Company for the development of the region. All of this is part of the “Tempo da Cidade” (“Time of the City”) exhibition module.

Time of the City Exhibition
Learning about Amparo

And we continue the visit to the other rooms, which are also separated by exhibition modules, such as the “Hora de Plantar” (“Time to Plant”) that shows us objects and artifacts from the production and preparation of coffee and about the contribution of immigrants who came to work in the plantation of the bean.

Time to Plant Exhibition
Objects from the production and preparation of coffee

Then we went to “Hora de Comer” (“Time to Eat”), which, in addition to showing us kitchen and table objects and living room furniture, invites us to reflect on the customs and role of women at that time.

Living Room Furniture

We also know the “Hora de Vestir”  (“Time to Dress Up”) which presents us from femalle accessories, such as gloves, shoes, umbrella, through clothing-related utensils, such as washing machine, iron, among others, even an electric hair curler, which I found it very interesting…

Look how interesting this hair electric curler.

The sequence was due to “Hora de Brincar(Play Time), which besides children’s toys shows us the fun of adults, through musical instruments.

Between Toys…

Taking advantage of the hook of fun, another factor that is also very important for our life is communication, whether by words or images, and which is represented in the “Hora de Encontrar” (“Time to Find”), through the means of communication such as television, radio, computers, between others.

The typical living room with Television

In the next room, we have the “Hora de Cuidar” (“Time to Take Care”), which presents us with various medical and dental tools and devices and explains to us what were the main diseases and health challenges faced in the early 1900s.

Time to Take Care

The last room in the circuit of the exhibition modules is “Hora de Pensar(“Time to Think”) , which shows us construction objects, such as tiles and bricks and tells us curiosities about the houses being built on empty cellars to prevent diseases, calling our attention to the importance of housing. In addition to a wing dedicated to the Constitutionalist Revolution of 1932, in which the city of Amparo played a very important role, inviting us to reflect also on the political influence on the individual.

Some Construction Objects
Constitutionalist Revolution of 1932 and…

The Bernardino de Campos Museum is located at 07, Luiz Leite Street and is open from Wednesday to Saturday from 10 am to 4 pm and on Sundays and holidays from 9 am to 3 pm. Admission is free and more information is on the museum’s page on facebook: https://www.facebook.com/museubernardinodecampos/ . It is very worth this visit!!!

Leaving the Museum in the direction of the Cathedral, we pass by the “Nossa Senhora do Rosário” Church, which was built in 1931 and is located in Largo do Rosário. It was closed, but it has a very beautiful external architecture. I believe that this is also the case internally. If you are open when you leave, leave your comments in the comments. It is said that the wealthiest and wealthiest families attended mass from the upper balconies and the poor on the ground floor.

Nossa Senhora do Rosário” Church

We also passed by Quinze de Novembro Street¸ which is full of old mansions, which house bars, restaurants, among other commercial activities. It is a true return to the past, walking through it…

Quinze de Novembro” Street

Speaking of Old Mansions, in “Monsenhor João Batista Lisboa” Square, where the cathedral is located, there are many of them that are a real charm, among them the Public Library, which is open from Monday to Friday from 9am to 7pm.

Beautiful Old Mansion…
Public Library

Now we are going to visit the beautiful “Nossa Senhora do Amparo” Cathedral, whose history has a very intrinsic connection with the foundation of the city.

Nossa Senhora do Amparo” Cathedral

“Nossa Senhora do Amparo” Cathedral started as a chapel dedicated to “Nossa Senhora do Amparo” built in 1824 on land donated by one of the first settlers of Amparo, Mr. João Bueno da Cunha. The current Cathedral was built behind the place where this first chapel was located. And on April 8, 1829, the neighborhood where this chapel was located received the title of “cured chapel”, thus marking the official foundation date of Amparo (which was elevated to the category of city in 1863).

“Nossa Senhora do Amparo” Cathedral is really beautiful and full of details that delight the eyes, such as the all-worked ceiling, marble columns, beautiful stained glass, among other elements.

How beautiful inside the Cathedral…
Details of the ceiling and marble columns

The consecration of the Mother Church as the Cathedral of  “Nossa Senhora do Amparo” occurred in 1878 and the image of “Nossa Senhora do Amparo” came from Portugal, from the city of Porto. May Our Lady of Protection bless us all!!!!

The Image of “Nossa Senhora do Amparo”

Next to the altar of “Nossa Senhora do Amparo” Cathedral, there is the Chapel of Adoration of the Most Holy, which is a real charm and a very blessed place.

Chapel of Adoration of the Most Holy

“Nossa Senhora do Amparo” Cathedral is located at  175,Monsenhor João Batista Lisboa Square”  and is open from Monday to Friday from 8 am to 11 am and from 1 pm to 5 pm and on Saturdays from 8 am to 12 pm and from 6 pm to 8:30 pm and on Sundays from 9 am to 11 am and from 18h to 20h. More details are on the website: http://www.diocesedeamparo.org.br/index.php/2016/05/03/paroquia-c Catedral-nossa-s Senhora-do-amparo-amparo/

Leaving the Cathedral, we went to the Municipal Market which was closed for renovation. Its inauguration took place in 1912 and its architecture is very beautiful, inspired by Arab tradition. Let’s hope that on our next visit it will be ready!!! It is located at Prefeito Alcides Penteado Street, also in the central region of the city.

Municipal Market

Our next stop was at “Pádua Salles” Square, which is a major leisure center where the main events in Amparo take place (such as the city’s anniversary celebrations on April 8). It also houses several monuments such as the Obelisk of the Centenary of Independence of Brazil, the Indian, the Monument to the Expeditionaries, among others.

Pádua Salles” Square is also known as Station Square, due to the Mogiana Railway Station, which was inaugurated in 1875, as part of a branch that connected “Jaguariúna” to “Socorro”, but was deactivated in 1967. Either way, it is worth appreciating its architecture. More information about the square is on facebook: https://pt-br.facebook.com/PracaPaduaSallesLargoDaEstacao

Mogiana Railway Station

The city of Amparo was a major producer of coffee at the time of the construction of the railway and prospered a lot, until the crisis of 1929 came, which was a blow to the local economy, which only managed to improve from the 1940s with the beginning of the activity industrial. And currently it has resumed coffee production and the development of tourism, as it is part of one of the Hydro-mineral Cities of the “Circuito das Águas Paulista” (Water Circuit of São Paulo). To find out more information about the city and also about today’s itinerary, just take a look at the website: https://www.amparo.sp.gov.br/turismo/onde-ir

Second Day Itinerary – Christ the Redeemer / “Terrassos” Winery / “Bianchi” Cutlery / “São Sebastião” Church / “Amparo” Astronomical Pole / “Paraty” Brewery

We started our itinerary today in a very special way, we will visit the Christ Redeemer of Amparo, which is in the Public Park “Chico Mendes” and provides us with a beautiful view of the city.

Christ Redeemer of Amparo
Public Park “Chico Mendes” and…
This Wonderful View

The Statue of Christ the Redeemer measures  39 ft in height and is on a pedestal more than 16ft. The work was inaugurated in 1966, but the park itself, with all the parking and snack bar infrastructure, was only opened later, in 1986, and in September 2020 the entire complex (also known as Christ Hill) was restored. It is worth remembering that there is an Access Ramp to Christ to ensure accessibility to all who wish to visit him.

Access Ramp to Christ
Snack bar
Christ and I

As soon as we arrive at “Morro do Cristo” (or Christ Hill), we are already faced with these beautiful landscapes.

View from Christ Hill

And going up the ramp, to get closer to Christ the Redeemer, we were presented with this enchanting view of the city and with a deep feeling of GRATITUDE and contentment for being with the family and together there, with Jesus Christ with open arms to welcome and bless us!!! I wish that at that moment, when you read these words, you will transport yourself there and imagine yourself in the arms of Jesus, feel His welcome and love. May He hear your heart and cover you with infinite blessings!!!!

Enchanting view of the City
Much Gratitude for having the Family together with Christ

Christ the Redeemer / Public ParkChico Mendes” is located on “Afonso Ribeiro Persicano” Road and more information on facebook: https://pt-br.facebook.com/CristoRedentorAmparoSPBrasil/ . Ah! Just take a look at this video that I posted on our YouTube Channel to contemplate even more this wonderful view: https://youtu.be/MCn0407ugKc

Doesn’t it look like a painting?

From there, we went to “Terrassos” Winery, which emerged from the dream of Fábio Nascimento (its owner), who led us on the visit and showed us that it is really worth believing in our goals and fighting for them, that the achievement is gratifying!!!

Terrassos” Winery
And as soon as we enter we are faced with this beautiful scenery
With our host Fábio Nascimento
The Family at Terrassos Winery

The history of  “Terrassos” Winery started in 2002, when Fábio was working with systems implementation in Thailand and curiosity about wines arose. Studying, he discovered that each place in the world has a specific wine, and he thought about the wine produced in Amparo (his parents’ land)… So, he returned to Brazil, bought the property in 2002 and in 2003 began planting of grapes. After much dedication and learning, in 2012 the winery was emerging with the elaboration of unique wines and in 2015 a cozy restaurant was opened.

And the cozy Restaurant

After these initial explanations, we went to see the wine production, which reaches 20 thousand/l per year, since the climate of the region at altitude in “Serra da Mantiqueira” makes it possible to have two to three vintages per year. On that visit, we could see the destemmer (which separates the stems from the grape), the press (which will extract the juice from the grapes to start the wine process), the tanks (for fermentation), the wine cellar where the oak wine barrels are also located (where the Syrah wine aging process takes place), among other factory spaces.

The Wine Cellar

Now that we’ve learned a little about production, it’s time for the Wine Tasting at “Terrassos” Winery, in which various types of wines are presented, starting with the “Moscatel Branco”, passing through the “Máximo”, made with the Máximo Grape, which is typical of the region and was developed for them and then by Syrah Grape wines with Maximo and also alone. My family approved the tasting and all these wines, among others, are for sale at Winery Shop (I believe it will be difficult to resist and you will end up buying some to take home…).

The Wine Tasting
Didn’t I tell you it was hard to resist?

You can participate only in the tasting, or opt for the Picnic, in which the tasting is included and also 1 bottle of Maximo wine, two pasta dishes or a board of cheeses, breads, antipasto and two waters (in the amount of R$ 150,00 for two) and you are free to drink your wine while exploring the beautiful spaces of “Terrassos” Winery and enjoy this enchanting view. As the area is open, it is quiet to maintain social distance and they are following all security protocols to ensure that the experience is very pleasant.

Of “Terrassos” Winery

With a toast, we said goodbye to the Terrassos” Winery!!! Recalling that it is located on Highway SP 352, Km 137 (there is a sign indicating the entrance to the road and part of the route is made on a dirt road). To make the picnic, advance reservation is necessary, more details and information are on the website: http://terrassos.com.br/ . Cheers!!!

Cheers!!!

Leaving the Winery, we pass by the Public Ecological Park “Dr. Paulino Recch” also known as Orchidarium, because of the large orchid plantation it owns. Due to the pandemic, it was still closed, so we were unable to visit it, but even outside, it was possible to get an idea of ​​how beautiful it is. So I will leave it here as a tip, if it is open when you are in the city, it is worth taking a stop over there. The Park is located on Salermo Street in the Silvestre Neighborhood.

Very close to the Ecological Park, there is Bianchi Cutlery, which is a famous knife and pocket knife factory in the region. It started with artisanal production in the 60s, moving to industrial production in 1983, due to the great demand. There is no visitation to the factory, but there is a showroom and product catalog at the reception so you can choose what you want. Those who love cooking will fall in love because they have a wide variety of products for all occasions, interesting kits for gifts and the prices are very good. The Cutelaria is at 160, Prof. Aristides Gurjão Street and more information can be found at: https://cutelariabianchi.com.br/ . Despite the coincidence of the name, I am not related to them… lol

Kit Grill by Bianchi Cutlery

Continuing our tour, we went to visit the Parish of “São Sebastião” (Saint Sebastian Parish), which has a very beautiful and different architecture, which already caught our attention as soon as we entered in Amparo. The Church has a circular shape, looking like a sports arena and the altar is on the side and not in the center as is common in churches.

Inside Church

Detail of the altar is on the side

The construction of this current Saint Sebastian Parish began in 1969 and ended in the early 1980s, but devotion is much earlier, since the 19th century and the Community of Saint Sebastianstarted with the payment of a promise made by the Christian Claudino Antônio Araújo who asked for the Saint’s intercession to protect the city of Amparo from a Yellow Fever epidemic.

Detail of Saint Sebastian…
At the Altar

Saint Sebastian Parish is located at Dr. Coriolano Burgos, Avenue and more information can be found on the website: http://saosebastiaoamparo.com.br/ . May Saint Sebastian and “Nossa Senhora Aparecida” (who in this symbolic scenario are really taking care of the Earth, supported by angels) may bless everyone and free the world from this pandemic and all dangers!!!

Bless us all!!!

With the renewed energies and blessings received at the Saint SebastianChurch, we move on to the next tour today, which is very worthwhile to include in your itinerary. I am talking about the Astronomical Pole of Amparo, which was opened in 2015, by private initiative, with the objective of promoting astronomy.

Astronomical Pole of Amparo

Who led us on this visit to the Astronomical Pole of Amparo, was Teacher Carlos, an excellent person, with wonderful didactics, who made us travel through this astronomical universe. He was one of the creators of the project to create the Polo and this Telescope (Reflecting Telescope with 650mm aperture), which is the largest open to public visitation in Brazil, and lasted 20 years to be completed.

With Teacher Carlos

Amparo Astronomical Pole was built in a rural area of ​​60.000 square meters to allow a better view, at 3280 ft altitude and without light around, the visibility of the sky and also of the surrounding landscape is privileged. It is possible to make guided ecological trails for groups previously scheduled to learn about the particularities of the local biodiversity.

Wonderful View from Astronomical Pole

In the Planetarium session (located in this rounded dome), Teacher Carlos explained to us about the sky and prepared for the visitation. It was very interesting to learn about the stars, how to identify them in the sky and many curiosities, such as discovering that the Dalva Star, in fact, is not a star but the Planet Venus and its name means that it “comes from the dawn” because it is the first to appear at dawn and also at dusk, among many other details. In addition to being able to see the sky on any date, through an application, for example, on the day of my birth, there was a conjunction between Jupiter and Saturn and on the day of my sister’s birth Pegasus and the Planet Jupiter were appearing… It is very interesting!!!

Planetarium Outside
And Inside…

Then we went to the Observatory, which is where you practice what you learn at the Planetarium. Using the latest equipment and telescopes, it is possible to observe the Moon, including its craters, stars, Saturn’s rings and much more. Our visit was scheduled for the next day (at night), where we would be able to live this experience of observing the sky, but due to the forecast of rain for the night, it was advanced because we would not have another date available during this trip. Anyway, it was an excellent ride and it is already noted in our schedule to return outside the rainy season to make this night observation!

Family at Observatory

The Complex of the Astronomical Pole of Amparo also has the Galileu Space which is a snack bar, with a beautiful panoramic view.

Galileu Space
Detail of its view…

Our visit to the Astronomical Pole of Amparo ends here, with great gratitude to Teacher Carlos for all the receptivity and Dear Rita, who from the first contact was very helpful and kind to us!!! Remembering that the Polo is on the Benevenuto Moretto Highway, Km 29 – Sertãozinho. More information and ticket sales are on the website: https://www.poloastronomicoamparo.com.br/ !!

After this incredible visit to the Astronomical Pole, we ended the tour today at Paraty Brewery, which is located at 1630, Dr. Carlos Burgos Avenue in the Center of Amparo and is one of the points in the city. More information is on Instagram: https://www.instagram.com/chopperiaparaty/?hl=en

Family at Paraty Brewery

Third Day Itinerary – “Atalaia” Farm / “São Benedit”o Church / “Hipocampo” Equestrian Center / “Carra” Family (“Bom Retiro” Farm)

Today’s script also promises to be very lively! Let’s start by visiting “Atalaia” Farm, a century-old farm that is famous for producing “Tulha” cheese, the first Brazilian cheese to be awarded abroad.

Atalaia” Farm…
And its Cheeses

Atalaia” Farm appeared in 1860, at the height of coffee production, but with the crisis of 1929, they had to look for other alternatives, such as the creation of a still, and currently, they are dedicated to the production of cheese and also to historic and rural tourism, through which visitors can have contact with nature and still carry a cultural baggage in their memory. It is an excellent family outing, in addition to learning a lot, we still had the privilege of visiting this photogenic Little Marmoset while we waited to take the guided tour.

Exploring the “Atalaia” Farm…
With My Family…
What a beautiful marmoset!!!

Who guided us on the Historical Guided Tour was Dear Meiri, who explained in detail the entire history of “Atalaia” Farm and how its restoration process has been developed since 2012, and even gave us a lesson on cheeses during the tasting.

With our Guide Meiri

We start the Guided Tour through “Atalaia” Farm at the Restaurant, which serves breakfast and lunch with everything that is produced on the farm itself. The space where it is located is called “Tulha”¸ which is a kind of warehouse, which used to house the coffee. The wide walls of rammed earth and the wooden floor guaranteed the temperature and protected the coffee from humidity.

Warehouse called “Tulha” – Wall detail

The famous “Tulha” Cheese fromAtalaia” Farm is also stored in “Tulha” (hence its name in honor of this space) and stays there for a year to cure. It started to be produced in 1995 by Rosana (one of the owners of the Farm) and in 2016 he received a gold medal at the World Cheese Awards in San Sebastian, Spain.

We continued our visit, getting to know an Old Coffee Making Machine, then we went to visit other spaces at “Atalaia” Farm, such as the Coffee Field (where it was drying), with “Tulha”, Main House in the background and a beautiful view of the “Serra da Mantiqueira” (Mantiqueira Hill), looking like a painting… We also learned how pestle bricks are made with recycled material for restorations. I found a very interesting idea, a true example of sustainability, that could be used on a large scale in buildings!!! Let’s hope!!!

Old machine that served to benefit Coffee
Restored Wall
Coffee Field
Looking like a painting…

We continue exploring “Atalaia” Farm, visiting its Vegetable Garden, its Corrals,Toca da Figueira” (or Fig Tree House), which is the place where the Mogiana Cheese is matured in the basement and which is next to the famous 500-year-old Centennial Fig Tree.

Next to Centennial Fig Tree, there is the “Meliponário” (like an Apiary), where are the native stingless bees, such as the Marmalade and “Jataí” species.

The Apiary

After this tour of “Atalaia” Farm, it was time for one of the most anticipated moments: the Cheese Tasting, which is very diverse. Prepare yourself because it will be difficult to choose which one you prefer to take home….

Cheese Tasting Time…
Maturing Cheeses

Meiri explained to us about the production process of each of the Cheeses to be tasted. We tried the Cream Cheese; the “Neblina” (or Mist) Cheese (which was one of my favorites, it is only produced in the summer and looks like Brie); the Dew and the “Boursin” (which is made with goat’s milk, served in olive oil and each ball is molded by hand). So far, there have been cheeses that need refrigeration.

We now move on to Matured Cheeses, which have a natural skin and a characteristic flavor, such as “Mantiqueira”, which in Guarani language means “Crying Hill” and is widely used in appetizers; the “Campos do Pantaleão” (or Pantaleao Fields), which is quite different, matured with lavender; Provolone, which uses liquid smoke in its smoking process; “Mogiana”, which is aged in Fig Tree House (as I mentioned earlier, remember?), its orange color comes from the annatto and its name is in honor of the Mogiana Railway that was very important for the city.

Are you thinking the tasting is over? Not yet… Continuing with the matured cheeses, we still try the “Taipa” Cheese, which is very light and has a low lactose content; the “Figueira” (or Fig Tree) Cheese, which is completely flaky, also has annatto in its manufacturing process and is named after the Centennial Figueira; the “Terreiro”, which is the “Mantiqueira” Cheese with a one-year maturity; “Trilha”, which is produced with goat’s milk; the famous “Tulha” Cheese (which I mentioned earlier) whose award was more than deserved, because it has a very different flavor, presenting citrus notes of passion fruit resulting from its natural maturation process. We finish the tasting with “Alvorada” (or Dawn) Cheese, which matures for 60 days in a cold chamber and resembles Gorgonzola.

Tell the truth, now it’s hard to choose which cheese to take home, isn’t it? So, if you are in doubt, take a little piece of each, to harmonize with the wines of the region’s wineries 😉. Take the opportunity to get to know the other delicacies of the“Atalaia” Farm Shop, such as milk sweets, cakes, breads, among other products.

Choosing my cheese
To take home…

Atalaia” Farm is located at Rodovia SP 352 – Km 137.5 – Alferes Rodrigues – Amparo. Guided tours with cheese tasting take place on Saturdays and Sundays at 10:30am and 3pm and cost R$ 30.00 per person (and you have the possibility to book the tour with lunch). To find out more information just access the website: https://www.fazendaatalaiaamparo.com.br/

Our next stop on today’s itinerary was at “São Benedito” (or  Saint Benedict) Church¸, which had its origins in the efforts of “José Ortiz de Camargo”, a humble black carter, who collected materials for the construction of a Church in honor of Saint Benedict, but died before the work completed in 1885. Until 1912, this Church belonged to the Parish of “Nossa Senhora do Amparo”, becoming its own Parish in 1965. It was not possible to visit its interior, because the Church was closed, but we managed to visit the Grotto that is in the Garden.

Saint Benedict Church

Saint Benedict Church is located at Largo São Benedito, 117 in the Center of Amparo and you can find more information on the website: http://www.diocesedeamparo.org.br/index.php/2016/05/04/paroquia-sao-benedito -support/ . May Saint Benedict bless all of us!!!

Leaving there, we went to visit the “Hipocampo” Equestrian Center, which is a Equestrian, with an excellent infrastructure for you to appreciate the horses and still enjoy the nature, including taking riding lessons (by prior appointment).

“Hipocampo” Equestrian Center
What a Beautiful Horse!!!

Who led us on the visit to the “Hipocampo” Equestrian Center was Marcelo, an incredible person who is passionate about what he does, the affection he has for animals and the existing reciprocity is contagious! Congratulations, Marcelo!!! Keep it up!!!

Our Guide Marcelo

During the tour of the “Hipocampo” Equestrian Center, we had the opportunity to learn a lot about the universe of horses and how they are such sensitive and generous animals to humans. We had the chance to get very close to them and even feed them with their favorite food, as my sister did with “Devaneio” (or Reverie).

In contact with the lovely Horses…
My sister feeding the horse “Devaneio”

We visited the different spaces of the “Hipocampo” Equestrian Center, we saw one horse more beautiful than the other and we even met this little baby who is very cute and charismatic.

Strolling through the “Hipocampo”
Seeing these beautiful
And completely enchanted by this little baby…
And this whole group of charismatic and photogenic!!!

Hipocampo” Equestrian Center is located at Dr. Virgílio Paiva Junior Street and more information can be found at: http://www.hipocampo.com.br/

And to end today’s tour we went to the “Carra” Family, at “Bom Retiro” Farm, which is a family that is in its 5th generation (coming with the Italian Immigration with Mr. Domenico Carra). The Statues of Lions at the entrance are part of the coat of arms of this Family, which for years has been dedicated to the production of artisanal drinks.

At “Carra” Family
“Carra” Family Coat of Arms

Bom Retiro” Farm has rustic facilities from the early 19th century, which have been preserved and one of them is the Wine House where the “Carra” Family drinks are tasted.

Bom Retiro” Farm…
Wine House Outside…
And Inside

Speaking of Tasting, Rafael was the one who guided us in this task, who told us about all the dedication and affection that the Carra Family has for what it does! What is reflected in the quality of its products. Of course, the official taster of the blog, my sister Ane, was tasked with tasting this flavor. Among the wines tasted were “Bordô Suave”, “Tannat” and “Merlot”!

Our Guide Rafael
The Wines to be tasted…
And The Official Taster of these Blog

And to close the Tasting with a flourish, the “Demi Panachê” was chosen, which is an exclusivity of the Carra Family! Inspired by the French tradition, and after much study and dedication, a perfect union was reached between the refreshing lemon and the aroma and flavor of rosé wine. The color is beautiful and the Blog Official Taster approved (so much that it would take only one bottle and ended up taking the box with six). In addition, the drink is produced through sustainable crops and is sold in 600 ml glass bottles (returnable) to preserve the environment.

Time to taste…

Carra” Family / “Bom Retiro” Farm is located on Rodovia SP 105 (Rodovia Dr. Rubens Pupo Pimentel), Km 9.3 – Serra Negra (despite belonging to Serra Negra, it is very close to the border with Amparo). To find out more information and details about the products, just access: https://familiacarra.com.br/ . It is also difficult to choose what to take from this Store

“Carra” Family Store

Fourth Day Itinerary – “Benedetti” Farm

Our tour of Amparo is coming to an end, and our farewell would have to be in a very special way, so let’s visit “Benedetti” Farm, which is very traditional in the city, marked by its history, preservation of its green area and quality of its products handcrafted.

“Benedetti” Farm Facade
Family at “Benedetti” Farm

Benedetti” Farm came into being in 1929, when Mr. Antonio Benedetti, who had lost all coffee production due to the crisis that year, received a still as a way to pay a debt, and went to make sugar and molasses to support the family. However, he did not allow himself to be slaughtered, reinvented himself and began to produce cane brandy, selling first what was left over from his own consumption to the neighbors, who spread the reputation of “cachaça” (or cane brandy), until reaching the current success, which has been maintained with much effort and dedication by the 4th generation of the Benedetti Family, represented here by Jorge¸ who, with all kindness and attention, was our host for most of the visit!

Our Host Jorge
In the Traditional “Benedetti” Farm
And its products

But before we started the tour with Jorge, Cristiane, who was very friendly and helpful, took us to the Tasting of “Cachaças”, who showed us from the Flavored “Cachaças”, with tropical fruits, honey, anise, among other flavors, including “Flor da Montanha” (or  Mountain Flower), which has already been awarded a gold medal at the World Contest in Brussels in 2014 and at Expo Cachaça in 2018, up to “Cachaça” do Gran Nonno (which we will learn more about the Reserve later), among other drinks.

With Cristiane, Our Guide in this part…
Flavored “Cachaças”
Time to Taste!!! My new official tasters!!

In this Wine Cellar Benedetti” Farm we also had the opportunity to see the 10 thousand liter Barrels of “Cachaça”, the Cellars and the Pingometers, and even a Special and Limited Edition of “Cachaça Antonio Benedetti”¸ that was awarded at the Cachaça Expo in 2019.

Family at Wine Cellar
The Cellars and the Pingometers
The award winning “Cachaça Antonio Benedetti”

We now proceed to the “Reserva do Nono” Wine Cellar, which was presented to us by Jorge, and where each barrel is made of a different wood, such as that of Peanut, “Amburana”, “Jequitibá Rosa”, American Oak, among others. Many of these “cachaças” have already been awarded prizes. And it has the customer’s experience to be able to taste and fill their own bottle.

Filling the Bottle…
American Oak Barrel

Jorge also took us to visit Café Spazio Benedetti, where all products are grown and produced here, such as coffee, cakes, pastries and breads. In addition to being a very warm and welcoming environment.

At “Café Spazio Benedetti”…
… Outdoor area
And Indoor Area

At the Spazio Benedetti Store, we find Benedetti Farm Coffee¸ which has already won prizes in the Water Circuit Competition, also liqueurs, honey, cornmeal, among many other products that are manufactured by both them and local producers to value what is made in the region. An excellent initiative!!! And there is also the Panetteria Zia Thereza, which is the farm’s artisanal bakery.

Benedetti Farm Coffee
With Jorge at the Spazio Benedetti Store

Benedetti” Farm has more than 100 hectares of land, with a wide green area, with lakes, springs, animals, another area destined to the planting of cane, and also for the cultivation of corn, coffee and beans. There is still space for a trail and other news that are on the way and that I will tell you the next time I visit you again.

Exploring the spaces…
Of the “Benedetti” Farm…

Recalling that is located on Rodovia SP-360 (Rodovia Amparo / Serra Negra), Km 138 and more information is on the website: https://www.fazendabenedetti.com.br/ . It is very worthwhile to include this visit in your itinerary!!!

Benedetti” Farm

In this climate of contact with nature, I will close this post. I sincerely thank you for your company!!! And remembering that if you liked the post, share it with your friends so they can have fun too, and follow our social medias to know firsthand what is new: Instagram (@cadaviagemumabagagem) and Facebook (https://www.facebook.com/cadaviagemumabagagem/) and subscribe to our Youtube Channel (“Cada Viagem uma Bagagem”): https://www.youtube.com/channel/UC5Q29-MYuWjvPH__wWhF42A

See you Soon, Amparo!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *