Entre Formas, Sombras e Sabores no Farol

Você já imaginou uma exposição na qual a sombra é tão importante quanto à obra? E que sensações essas sombras evocariam no seu imaginário: uma lembrança, um desejo, uma emoção?

Para vivenciar tudo isso, te convido a conhecer agora a nova Exposição do Farol Santander: “Sombras Milenares”  e para coroar a visita nada melhor que sentir os Sabores da Culinária Caipira no Bar da Cidade no Boteco do 28.

Vamos embarcar Entre Formas, Sombras e Sabores no Farol”?

Logo que chegamos no Hall de Entrada do Farol Santander nos deparamos com a linda obra “Star” do duo HYBYCOZO que já nos instiga a descobrir o que nos espera no 20º andar.

Obra “Star” no Hall de Entrada do Farol

Antes de começarmos nosso tour, ali mesmo no Hall, fomos recebidos com muito carinho pela Patrícia Audi (vice-presidente executiva de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander Brasil) que falou sobre a Exposição, o mix de sensações que a mesma desperta e ainda nos contou sobre todos os protocolos de segurança que estão sendo adotados para garantir que a visita ao Farol seja bem aproveitada.

Ainda no térreo, tivemos a oportunidade de conhecer o Serge Beaulieu (que juntamente com sua esposa Yelena Filiptchuk compõe o duo HYBYCOZO e são os autores das obras) e que nos explicou sobre o processo de criação de seus trabalhos.

Conversamos também com o Antonio Curti, que é o curador da exposição e nos passou detalhes desse projeto, que começou há dois anos e depois de muito esforço conseguiu se concretizar nessa linda exposição “Sombras Milenares”, nos proporcionando o acesso ao trabalho de artistas que estão em evidência no exterior.

Com o Super Curador Antonio Curti

Agora sim, vamos nos dirigir para o 20° andar que abriga a Exposição “Sombras Milenares”, que nos apresenta as relações entre a geometria e a sombra…

Bem-vindos às Sombras Milenares…
Combinação perfeita entre a obra e a sombra…

O artista canadense Serge Beaulieu quer instigar nosso imaginário e nos fazer viajar através das sombras. Suas obras mesclam escultura, luz e sombra e transformam algo tão concreto e exato como a matemática e a geometria em algo mágico e singelo quanto as sombras.

Com o Grande Artista Serge Beaulieu
E suas obras…

Uma das obras que já nos encanta logo que começamos a visita à Exposição é a “Trocto” que mescla a representação da Estrutura E8 com o símbolo sagrado “Cubo de Metraton”, encontrado no Templo de Osíris, no Egito Antigo e em mosaicos romanos.

A encantadora “Trocto”

Conforme a Trocto vai girando, as sombras vão se modificando na parede e a sensação é que estamos nos movimentando junto. Eu achei maravilhoso e me lembrou bastante o que senti no “The Vortex Tunnel” no Museu das Ilusões de Toronto (se você não viu ainda essa matéria ou quer relembrar é só acessar o link:  https://cadaviagemumabagagem.com/um-mes-pelos-museus-de-toronto/ ). Mais uma vez o propósito da exposição está sendo alcançado que é nos evocar lembranças através das sombras. E se você tiver labirintite ou não gostar dessa sensação de giro, não se preocupe porque tem momentos que a obra fica parada, então você poderá apreciá-la sem problema.

Imagina essas sombras girando ao seu redor…
Curtindo a sensação da “Trocto”

Ao todo são nove obras que compõem a Exposição “Sombras Milenares” e cada uma tem sua particularidade e um efeito diferente. As cores também vão mudando, deixando o ambiente ainda mais acolhedor.

Com certeza, você vai não vai resistir e vai tirar muuuuuitas fotos para postar nas redes sociais!!! É só deixar a imaginação tomar conta e se divertir nesse jogo de luz e sombra… E para sentir um pouco de como foi nossa visita à Exposição, é só dar uma olhadinha no nosso Canal do Youtube: https://youtu.be/5IRdJUW7hxU

Muita diversão nesse jogo de luz e sombra…

Lembrando que a Exposição “Sombras Milenares” ficará em exibição até o dia 06 de março de 2022 no Farol Santander (Rua João Bricola, 24 – Centro de São Paulo – próximo à Estação São Bento do Metrô). Para maiores informações é só acessar o site: www.farolsantander.com.br

Entre formas e sombras…

Você pode aproveitar para visitar a Exposição Permanente que conta a história do Farol Santander e da cidade de São Paulo (do 2º ao 5º andar) e as Exposições “Futuro Espacial” e “A Outra Realidade” que também são maravilhosas! Para saber como foi nosso percurso por elas é só acessar o link: https://cadaviagemumabagagem.com/a-um-passo-do-espaco-no-farol-e-no-eldorado/

As exposições não param por aí, até o dia 21 de novembro de 2021, estará no 19º andar a mostra “Talentos das Artes Visuais” que é o resultado de um concurso interno de colaboradores do Grupo Santander Brasil que tem a oportunidade de mostrarem seus dons artísticos e cativar o público.

Na Mostra “Talentos das Artes Visuais”

E antes mesmo de entrar no Farol Santander, já tem um bônus: você pode dar uma paradinha na esquina da Rua João Brícola com a Rua Boa Vista e apreciar no Telão de LED, acima da agência do Banco Santander, o festival “Visão Periférica” que conta com a curadoria de Baixo Ribeiro e exibe diariamente (das 05h às 22h) obras de 15 artistas de regiões periféricas do Brasil. Até o final do festival serão exibidos mais de 60 trabalhos nessa grande galeria de arte ao ar livre!!!

“Visão Periférica”

Já falamos sobre formas, sombras, futuro espacial e até bônus, mas você deve estar se perguntando onde estão os “Sabores do Farol” citados no título do post, não é mesmo? Então relaxa que chegou o momento de te apresentar a novidade gastronômica do Farol Santander: o Boteco do 28 – Bar da Cidade.

O aconchegante “Boteco 28 – Bar da Cidade”

O Boteco do 28 – Bar da Cidade fica no 28º andar do Farol Santander,foi inaugurado recentemente e tem o menu assinado pela Chef Mayra Aguiar, que busca resgatar a cultura caipira paulista através de seus pratos inseridos na atmosfera dos típicos botecos paulistanos.

Com a Majestosa Chef Mayra Aguiar

A Chef Mayra Aguiar é tão atenciosa e preocupada em agradar a todos que também incluiu no cardápio pratos vegetarianos, como esse que eu provei, que é o Arroz Caipira, feito de arroz de abóbora com milho tostado, pó de pipoca, capuchinha e finalizado com queijo Tulha. Detalhe que esse queijo já foi premiado e vem da Fazenda Atalaia (a mesma que visitamos no nosso tour em Amparo, lembra? Se ainda não viu ou quer relembrar essa matéria é só acessar o link: https://cadaviagemumabagagem.com/no-turismo-ecletico-de-amparo/ ). Mundo pequeno, não é mesmo?

Provando o Arroz Caipira Vegetariano!!!
Estão servidos de “Arroz Caipira”?

Mas se você não é fã do vegetarianismo, não se preocupe que o cardápio do Boteco do 28 – Bar da Cidade oferece muitas opções de petiscos, lanches e pratos típicos da culinária caipira. E de sobremesa, não deixe de experimentar o famoso “Pingado”, que é um pudim de leite com caramelo de café, servido em copo americano (item super tradicional dos botecos paulistanos).

o Famoso “Pingado”
Detalhe do Caramelo de Café no Pudim 😋

Falando em algo super tradicional, a decoração do Boteco do 28 – Bar da Cidade é um resgate de tradições com seu estilo rústico e tijolos aparentes, mas com uma visão de futuro sustentável, com muitas plantas e reaproveitamento de garrafas para fazer vasos, por exemplo.

Apreciando os detalhes da Decoração…
As plantas dão um charme todo especial ao ambiente…

O Boteco do 28 – Bar da Cidade funciona de terça a domingo das 11h30 às 20h e o acesso é por ordem de chegada, não sendo necessário realizar reserva. Você pode aproveitar para visitá-lo quando for nas Exposições do Farol ou ir especialmente para conhecê-lo (que foi o meu caso, assim que fiquei sabendo da inauguração, fiz questão de ir até lá).

Boteco do 28 – Bar da Cidade

Além dos sabores e da decoração, o Boteco do 28 – Bar da Cidade também nos proporciona uma linda vista de São Paulo. Vale muito a pena desfrutar de tudo isso!!!

Linda Vista do Bar da Cidade…

Falando em linda vista, aproveite para dar uma passadinha no Mirante do 26º Andar para contemplar lindos ângulos da cidade.

E para encerrar essa visita ao Farol, você pode aproveitar para tomar um suco ou um café no Café do Hall do Mario Azevedo Gastronomia (o mesmo do 26º andar) e visitar a Loja da Cidade (repleta de souvenirs) ambos no Térreo.

Agradeço de coração sua companhia e te espero no próximo artigo!!! Ah! Se você gostou dessa postagem, compartilhe com seus amigos para que possam se divertir também e siga nossas redes sociais para saber em primeira mão as novidades: Instagram (@cadaviagemumabagagem) e Facebook (https://www.facebook.com/cadaviagemumabagagem/)  e se inscreva no nosso canal do Youtube (Cada Viagem uma Bagagem): https://www.youtube.com/channel/UC5Q29-MYuWjvPH__wWhF42A

Gratidão!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *