Entre Constelações e Devaneios: Uma verdadeira imersão no Farol

Meu convite de hoje é para mergulharmos no mundo mágico dos sonhos e nos tornarmos estrelas no meio de uma galáxia. Você deve estar se perguntando do que eu estou falando e como isso é possível, não é mesmo? Mas calma que a resposta já vem, é só me acompanhar nessas duas Exposições Encantadoras que estão no Farol Santander até o dia 03 de maio de 2020.

Vamos começar nossa imersão?

Antes de iniciar nosso tour, te convido a apreciar essa vista incrível da cidade de São Paulo, do 26º andar do Farol Santander. Eu não resisto e toda vez que venho nas exposições, faço questão de ficar uns minutinhos aqui contemplando a paisagem…

A vista encantadora do Farol

Foi aqui no Café do 26º andar  que fomos recebidos com muito carinho pela Patricia Audi (vice-presidente executiva de Comunicação do Santander) e pelo Antonio Curti (curador da Exposição Constelação), bem como pelo Carlos Trevi  (coordenador geral do Santander) e pelo Facundo Guerra  (diretor artístico da Exposição Devaneios), que já nos inseriram no contexto das duas mostras e nos fizeram recordar importantes exposições das mais de 14 sediadas aqui desde a reabertura do Farol em 2018, algumas dessas você pode revisitar no nosso blog, como a da Tarsila para Crianças (https://cadaviagemumabagagem.com/farol-santander-para-todas-as-idades-da-tarsila-para-as-criancas-ate-o-bar-do-cofre-para-a-maioridade/) e a do “Contemporâneo Sempre” (https://cadaviagemumabagagem.com/uma-viagem-pela-arte-brasileira-na-exposicao-contemporaneo-sempre-colecao-santander-brasil/), entre outras.

No Café do 26º Andar…
Antonio Curti e Patrícia Alves
Facundo Guerra e Carlos Trevi

Agora sim, vamos para o  23º andar começar nosso mergulho na galáxia da Exposição Constelação – Somos Todos Feitos de Luz”,  da artista visual croata Maja Petric. Essa exposição foi considerada uma das melhores do mundo em 2019 e tem o grande diferencial de apesar de ser digital, precisar da interação do público para ser concluída.

Exposição “Constelação – Somos Todos Feitos de Luz”

A Exposição Constelação – Somos Todos Feitos de Luz” é feita de um tecido customizado pela artista, no qual são projetadas as silhuetas das pessoas e seus movimentos que vão sendo registrados através de Inteligência Artificial para compor uma constelação, com um jogo de luzes que forma uma obra belíssima. A sensação é de estarmos mesmo numa galáxia de estrelas, fazendo parte dela!!!

Um ser de Luz no Universo…

E a ideia da exposição como o próprio nome diz “Constelação – Somos Todos Feitos de Luz” é nos despertar para a reflexão de que fazemos parte da luz do Universo e a maneira como influenciamos e somos influenciados a todo o momento, ou seja, o que acontece nessa obra: como meu movimento e minha luz refletida é alterada e ao mesmo tempo altera a luz da pessoa que está ao meu lado para formar uma constelação…

Somos Todos Feitos de Luz…

Vale lembrar que a artista Maja Petric é conhecida por utilizar em seus trabalhos de arte digital, uma mescla de arte imersiva, inteligência artificial e esculturas de luz para proporcionar ao público uma fuga da realidade, o transportando para outros contextos, como a galáxia nessa exposição. Além de reforçar que a tecnologia não substitui o ser humano, ao contrário, depende dele, pois as estrelas dessa instalação só se formam a partir do movimento humano… Ela ainda gosta de usar a tecnologia para mostrar a natureza e demorou apenas três semanas para construir essa obra, que vai se modificando, à medida que cada gesto refletido aqui deixa um rastro para o próximo visitante… Tudo isso cativou não só ao curador dessa Exposição, o Antonio Curti, mas a todos nós visitantes, inclusive a queridíssima apresentadora e atriz Mel Fronckowiak!!!

Com o Antonio Curti
E com a Mel Fronckowiak

Se você já gostou das fotos, dá só uma olhadinha nesse vídeo que postei no nosso Canal no Youtube para ter uma ideia de como é mágico fazer parte dessa Constelação https://youtu.be/Yode9eariH4

E pra finalizar essa Exposição “Constelação”, é importante dizer que é proibido tocar na obra e tirar fotos com flash. Porém é permitido se deixar levar pela sensação incrível de ser uma estrela, uma verdadeira luz no Universo!!!!

No Universo das Constelações

Continuando nosso tour pelo Farol, vamos descer para o 22° andar, onde está a Exposição “Devaneios – Os Mundos de JeeYoung Lee”, que como o próprio nome diz, nos convida a mergulhar no mundo dos sonhos e imaginação da artista sul-coreana JeeYoung Lee, que é conhecida por seus cenários dos sonhos, que são construídos por ela para fazer suas fotos e estas é que são expostas. Porém essa Exposição Devaneios nos permite, além de contemplar as fotos, entrar nos próprios cenários.

Com a Artista JeeYoung Lee

Falando em cenários, a primeira instalação da Exposição “Devaneios – Os Mundos de JeeYoung Lee” é The Panic Room” (ou“O Quarto do Pânico”), que representa as memórias dos lugares que Jee gostava de brincar na infância, como o armário, que era seu esconderijo secreto, entre outros objetos, sempre carregados de muita simbologia.

O Quarto do Pânico
O Escodenrijo Secreto, vulgo “Armário”
Adentrando ao Quarto do Pânico…

Só pra você ter uma ideia da dimensão da maquete do Quarto do Pânico, sua medida é de 7,10m por 9m e foi especialmente construída pra essa exposição, usando recursos de Op Art para criar ilusões de ótica. Olha só esse vídeo pra ter um gostinho de como é esse cenário: https://youtu.be/l2PzJH3cT2Y

Visão Geral do Quarto do Pânico
E seus detalhes

Vale lembrar que a Exposição Devaneios, contou com a direção artística de Facundo Guerra, que ficou impressionado com o trabalho da artista JeeYoung Lee e teve a ideia de trazê-la para o Brasil. Ideia essa que teve todo o apoio de Carlos Trevi (coordenador geral do Santander) e também da Patricia Audi (vice-presidente executiva de Comunicação do Santander).

Com o Facundo Guerra

Seguimos agora para a outra instalação “My Chemical Romance(ou “Meu Romance Químico”), que foi inspirada nos dutos que a Jee via em seu bairro, Mangwondong, em Seul (Coréia do Sul) e busca traçar um paralelo entre a complexidade da relações humanas com a  imagem da canalização dos dutos, que forma uma espécie de labirinto.

Meu Romance Químico
Mergulalhando nesse Labirinto…

A instalação “Meu Romance Químico” ainda consegue ser maior que a primeira (medindo 7,30m x 9m) e foi construída com tubos de PVC pintados de preto e amarelo, inspirados naquelas faixas de segurança que indicam aviso e perigo. O que simbolicamente se refere às emoções humanas, como medo, ansiedade, frustrações, entre outros sentimentos. O cenário é tão perfeito que tem até efeitos sonoros. Juro que não foi planejado, mas a minha roupa combinou perfeitamente com o espaço, fazendo com que me sentisse mais envolvida nessa imersão… Dá só uma olhada nesse vídeo no nosso Canal do Youtube para sentir como foi essa experiência: https://youtu.be/KeaXsCHzfX0

Camuflada no Cenário

A última parte da Exposição Devaneios consiste nas Fotos nos Cenários criados por JeeYoung Lee, frutos de sua imaginação e criatividade, permitindo ao mundo mergulhar junto com ela no seu universo de sonhos e fantasia. Aqui podemos ver como ficou a Foto no Meu Romance Químico

“Meditação”
“Meu Romance Químico”

Vale lembrar que essas duas exposições Constelações e Devaneios ficarão em cartaz até o dia 03 de maio de 2020, no Farol Santander, que funciona de terça a domingo das 9h às 20h e fica na Rua João Brícola, 24 – Centro (estação São Bento – linha 1, azul do metrô). Os ingressos custam R$25 e para saber mais informações é só conferir no site: farolsantander.com.br .

Agradeço de coração sua companhia, espero que tenha gostado das dicas e que possa aproveitar muito sua visita ao Farol!!! Te aguardo na próxima postagem!!! Até lá!!!

3 comentários em “Entre Constelações e Devaneios: Uma verdadeira imersão no Farol”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *