No Friozinho Acolhedor de Monte Verde

O inverno já está acabando, mas te convido a subir a serra do Sul de Minas Gerais e aproveitar comigo o “Friozinho Acolhedor de Monte Verde”.

Portal de Monte Verde

Monte Verde é um distrito da cidade mineira de Camanducaia e fica a uma distância de pouco mais de 160 km de São Paulo. É um destino muito procurado no inverno por ter um clima bem característico de montanha e uma charmosa decoração europeia que vão lhe proporcionar lindas fotos, por essa razão é chamado carinhosamente de “Suíça Mineira”. Mas suas lindas paisagens agradam aos visitantes o ano todo.

No Coreto…
Decoração Europeia na Avenida Monte Verde…

Além disso, Monte Verde tem gastronomia, trilhas, mirantes, parques, passeios e aventuras em fazendas, cervejaria, destilaria, bar de gelo e muitas outras atrações, que só um final de semana fica bem corrido pra conhecer tudo, então recomendo ficar de três a quatro dias (no mínimo) para aproveitar mais e curtir com calma. Vou dividir nosso roteiro em três dias e te mostrar em detalhes o que fizemos por lá. Lembrando que é só uma sugestão para que você conheça os lugares e possa organizar seu passeio da melhor forma. Vamos começar nosso tour?

Me acompanha nesse tour?

Roteiro do Primeiro Dia: Passeio pelo Centro de Monte Verde / Shopping Celeiro / Casa do Strudel / Chocolates Gressoney / IceBar

Nada melhor para começar nossa visita à cidade do que conhecer sua região central, então iniciamos nosso Passeio pelo Centro de Monte Verde na sua avenida principal: a Avenida Monte Verde, que concentra restaurantes¸ bares, lojas, galerias, chocolaterias, cafés, entre outros estabelecimentos comerciaise a decoração mais que charmosa da cidade.

Passeando pela Avenida Monte Verde…
Com direito à foto com a Vaquinha Estilosa e tudo!!!

É também na Avenida Monte Verde que fica o tradicional Termômetro¸ que é point para as fotos para registrar o friozinho da cidade. Como já estava anoitecendo, conseguimos pegar a temperatura de 3°C!!! Só pra você se localizar melhor, o termômetro fica em frente à Galeria Suíça e próximo ao Bar do Lago.

O Termômetro de Monte Verde…
Registrando 3ºC

Tem outro Termômetro na Avenida Monte Verde, localizado na Galeria Vila Germânica, que é digital. Como era mais cedo, conseguimos a temperatura de 9ºC. Essa galeria é muito charmosa e tem até um Esquilo de Pelúcia enorme!!!

Na Vila Germânica

Falando em esquilo, esse fofucho é marca registrada da cidade e eles costumam aparecer bastante na época que tem pinhão (geralmente nos meses de junho e julho) porque são fãs dessa castanha. Mesmo tendo ido depois dessa fase, conseguimos encontrá-los no Shopping Celeiro, que tem a Vila dos Esquilos, um espaço preparado para eles, onde tem alimento (castanha e nozes) e eles podem ir buscar a hora que quiserem (geralmente eles preferem o período da manhã, por volta das 10h), então já anota aí para dar uma passadinha lá nesse horário e ver essas fofuras. Além de aproveitar para ver as lojinhas, já que as compras também são atrativos da cidade.

No Shopping Celeiro…
Onde fica a Vila dos Esquilos

Outro lugar de compras e belas vitrines é a Galeria das Estrelas, que tem uma loja de luminárias bem diferentes e também lojas de decoração, roupas de inverno, entre outros estabelecimentos comerciais.

Que charme a Galeria das Estrelas

Sei que o passeio está ótimo, mas a fome já está aparecendo, certo? Então, o que acha de saborear um delicioso strudel recém-saído do forno com chantilly? Se a ideia te agradou, é só visitar a “Casa do Strudel”, que fica ali mesmo na Avenida Monte Verde nº 1095

A Casa e…
E seus deliciosos Strudels!!!

A Casa do Strudel desde 1982 vem encantando seus clientes com o famoso Apfelstrudel(que traduzindo do alemão significa “Redemoinho de maçã”): uma tradicional sobremesa austríaca que tem o diferencial da massa ser esticada com as mãos e não ser de massa folhada que é o mais comum. E para nossa surpresa, tem strudel salgado!!! Eu optei pelo Strudel de Maçã com Chantilly e minha irmã, pelo Strudel Salgado de Frango com Curry e de bebidas foram o Mocca Caramelo e o Latte Macadâmia. Vale lembrar que tem outros sabores de strudel (tanto doce quanto salgado) e o acompanhamento também pode ser sorvete. Tudo estava delicioso, sem contar no charme da decoração da casa.

Saboreando os Strudels…
De Frango com Curry e de Maçã com Chantilly

E a charmosa decoração da Casa do Strudel

Um detalhe bem legal é que tem uma plaquinha na entrada da Casa do Strudel, onde eles informam qual o horário da próxima fornada. Assim você já se programa para chegar perto desse horário e garantir um strudel bem quentinho. Nós fizemos isso e valeu a pena. Para saber mais sobre a casa é só seguir no instagram: @casadostrudel_monteverde

Outro lugar que também dá água na boca e é para obrigatória para os chocólatras de plantão é a “Fábrica de Chocolate Gressoney, que é o local ideal para você tomar aquele chocolate quente cremoso e provar os deliciosos chocolates da marca.

A Fábrica de Chocolate Gressoney…

E as delícias de seu interior!!!

A Chocolateria Gressoney foi a primeira fábrica de chocolate de Monte Verde, sendo fundada em 1978 e até hoje é famosa por seus produtos tradicionais, entre eles a Prímula, que é uma mistura de pão de mel com alfajor e que segundo eles não tem definição “Prímula é Prímula”. É possível acompanhar pelo vidro como é a fabricação da Prímula e depois já passar na lojinha comprar para levar para casa ou consumir ali, acompanhada de um café ou chocolate. Aliás a lojinha tem várias opções de chocolates para presentear como lembrança da viagem.

A Fábrica da Chocolateria Gressoney
Detalhe das Prímulas que acabaram de ser fabricadas!!!
E a Prímula pra levar pra casa!!!

A Chocolateria Gressoney fica na Avenida Monte Verde, 636 e o instagram é @greessoneymv. O lugar é bem aconchegante e tenho certeza que você não vai resistir às delícias de lá.

Já que o título da matéria é o “Friozinho Acolhedor de Monte Verde”, o lugar que vamos visitar agora faz literalmente jus ao nome!!! Quero te apresentar o IceBar Monte Verde, mais conhecido como Bar de Gelo.

No IceBar – O Bar de Gelo de Monte Verde!
Como Mascote do IceBar

Isso mesmo, um Bar feito de Gelo!!!!O IceBar Monte Verde foi inaugurado em 2019 e foram utilizados cerca de 18 mil quilos de gelo para sua construção. A temperatura dentro do bar fica em torno de -15°C e é preciso usar um casaco especial e luvas (que já estão inclusos no valor do ingresso). A permanência dentro do bar é de no máximo 30 minutos, mas é tempo suficiente para você se divertir e garantir lindas fotos!!!

Momentos de Fotos e mais Fotos no IceBar…
As irmãs congelandinho…

O IceBar tem várias esculturas em gelo, como trono, cabine telefônica, o Olaf do Frozen, além do Bar em si¸ onde os drinks são servidos em copos de gelo. Na compra do ingresso você já pode escolher o valor de 1 ou 2 bebidas inclusas (R$ 70 ou R$ 80, respectivamente), inclusive os sem álcool.

A Poderosa…kkkk
O Bar em si…
Detalhe do Copo de Gelo…
Ninguém precisa saber que é sem álcool 😉

Para saber mais informações e horários de funcionamento do IceBar Monte Verde é só acessar o instagram @icebamv. O Ice Bar também fica na Av. Monte Verde. Ah! Como a temperatura é muito baixa, a bateria do celular acaba rapidinho, então é minha dica é que você já tire as fotos logo que entrar e aproveite para curtir o bar depois. E se preferir tem fotógrafos do próprio estabelecimento que registram seus melhores momentos lá e você pode comprar as fotos na saída. De uma forma ou de outra, a diversão é garantida!!!

Depois desse friozinho congelante do bar, chegou a hora de voltar pro aconchego quentinho do quarto aquecido do hotel para recarregar as baterias para amanhã….

Roteiro do Segundo Dia: Paróquia de São Francisco de Assis / Cervejaria Monte Verde / City Tour em 4×4 / Trilha da Pedra Redonda

Vamos começar o tour de hoje visitando a Paróquia de São Francisco de Assis, que foi criada em 2004 em homenagem ao padroeiro da cidade. É um local que transmite muita paz e alegria ao coração.

A Paróquia de São Francisco de Assis…
E seu interior
Detalhe do Altar

A Paróquia São Francisco de Assis fica na Av. Monte Verde, 2257. Tem um espaço bem amplo ao seu redor, com a Capela da Santíssima Eucaristia e uma Gruta de Nossa Senhora de Lourdes.

A Paróquia São Francisco de Assis
Detalhe do Azulejo de São Francisco de Assis

Saindo dali, continuamos na Avenida Monte Verde, altura do nº 847 para a visitação à Fábrica da Cervejaria Monte Verde!!!

Fábrica da Cervejaria Monte Verde

Lembra quando fomos pra São Lourenço e lá no Circuito das Cervejas encontramos as Cervejas Monte Verde da nossa Querida Amiga Sarah e te falei que faríamos uma matéria especial visitando a fábrica? Chegou a hora desse tour!!! Mas se você ainda não viu a matéria ou quer rever é só acessar: https://cadaviagemumabagagem.com/pelos-caminhos-de-sao-lourenco/

Voltando agora para Monte Verde, vamos começar nosso tour para conhecer todo o processo de fabricação das Cervejas Monte Verde, que seguem receitas tradicionais da Alemanha, Bélgica e Inglaterra e sua produção atende à Lei da Pureza Alemã (Reinheitsgebot), que determina uso restrito de seus ingredientes: água, malte, lúpulo e fermento.

Visitando a Fábrica da Cervejaria Monte Verde

Quem nos conduziu pela visitação à Cervejaria Monte Verde foi o Mestre Cervejeiro Caio Melo, que é super gentil e atencioso e apaixonadíssimo pelo que faz!!! Ele nos contou detalhes da produção, principalmente o diferencial da Cerveja Artesanal, que é o acompanhamento de perto de todo o processo produtivo, o que garante qualidade e sabor diferenciados.

Com o Mestre Cervejeiro…
Caio Melo

A produção das Cervejas Artesanais Monte Verde demora de 15 a 20 dias e são produzidos de 25 a 30 mil litros por mês. Os ingredientes selecionados fazem toda a diferença para o sabor, começando pela água de Monte Verde, que é considerada uma das melhores da Serra da Mantiqueira, passando pelo malte de cevada e o lúpulo (que dá o amargor e o sabor da cerveja) e são importados, até a qualidade da levedura (que vai produzir o álcool e o gás carbônico). Todos esses ingredientes, cada um a seu tempo, vai entrar no processo de produção, que inclui brassagem, filtragem, fervura, resfriamento, fermentação, entre outros métodos que em alguns momentos acontecem em tinas e em outros nos tanques. Depois de tudo pronto, seguem para o envase e rotulagem.

Tanques

Depois de aprender sobre a produção, chegou a hora que todos estavam esperando: o momento da Degustação, onde meus pais e minha irmã, que são os degustadores oficiais do blog, experimentaram a Pilsen (que é puro malte clara e mais leve), a Weiss (que é de trigo e tem um sabor mais frutado de banana e cravo) e a Ipa Session (que é puro malte extra clara, mais encorpada e com amargor médio). Eles super aprovaram e só ficaram na dúvida de saber qual o a melhor.

A Família aproveitando a Degustação
Saúde!!!

E tem a novidade que é a Cerveja Monte Verde Premium Lager¸ que foi feita com o rótulo em homenagem à cidade, retratando diversos pontos turísticos, além de um poema escrito pelo poeta Roberto Bicelli. Ela possui baixa fermentação, leve amargor e é muito fácil de harmonizar!!!!

O Rótulo Comemorativo da…
…Cerveja Monte Verde Premium Lager

Visitação top, não é mesmo? Então é só ficar atento às redes sociais da Cervejaria Monte Verde (Instagram: @cervejariamonteverde e Facebook: /cervejariamonteverde) para saber quando esse tour estará aberto ao público. E para conhecer mais detalhes da história da Cervejaria e da paixão dos sócios pela bebida e pela região é só acessar o site: http://www.cervejariamonteverde.com.br/ .

Nós amamos o tour e toda a receptividade!!! Vale muito a pena conhecer. Lembrando que as Cervejas Monte Verde estão disponíveis em todas as Cervejarias da Cidade e também no Guarujá, Maresias, Praia Grande, São Lourenço e muitos outros lugares. Se tiver onde você está, aproveite para experimentar e depois nos conte o que achou!!!

Outra atividade bem legal de se fazer em Monte Verde é o City Tour, mas não estou falando de um city tour comum, estou me referindo a um City Tour em uma Pajero 4×4, onde é possível acessar vários pontos da cidade com a emoção de passar por caminhos íngremes, estreitos, ladeiras, enfim, o trajeto já faz parte da diversão!!!

City Tour na Pajero 4×4

Nossa primeira parada foi no Cantinho do Doce, mas antes mesmo de chegarmos na entrada da loja, já fomos tirando várias fotinhos pelo caminho em lugares super instagramáveis, como a Cabine Telefônica, o Cisne, a Ponte do Amor (onde os casais apaixonados colocam os cadeados)e muitos outros!!!

Que charme esses Cisnes!!!
Na Ponte do Amor Eterno

E agora sim, entrando na loja do Cantinho do Doce, encontramos vários tipos de doces e de queijos e o famoso Vinho com Morango, que podem ser degustados. O difícil é só escolher o que experimentar primeiro…

A Loja do Cantinho do Doce
A Degustadora Oficial do Blog provando o Vinho com Morango

O Cantinho do Doce fica na Rua Virgo, 12 – Jardim das Montanhas. Mais detalhes e horário de funcionamento da loja estão no Instagram: @cantinhodocemv  

Depois de adoçar a vida, seguimos nosso tour… Como mencionei no início da matéria, Monte Verde é um lugar que atrai muitos turistas, então hospedagem é o que não falta na cidade. São várias opções de hotéis e pousadas para todos os bolsos e gostos, inclusive algumas que se tornaram pontos turísticos da cidade, como a charmosa Pousada do Castelo (http://www.pousadadocastelo.com.br/  – Rua Virgo, 305 ) e a estilosa Viviê – Pousada do Avião, onde é possível se hospedar dentro de um avião de verdade, no Chalé Aero Flyer!!! A experiência deve ser incrível (ainda não foi dessa vez que consegui me hospedar lá, quem sabe na próxima, mas se você já se hospedou nos conte como foi nos comentários). Para saber mais detalhes e fazer sua reserva é só acessar: https://viviemonteverde.com.br/

As famosas: Pousada do Castelo
E Pousada do Avião

Avião nos remete à altura, certo? Então prepare-se porque chegou a hora de um dos momentos mais aguardados do City Tour: a Trilha da Pedra Redonda.

Na entrada da…
A Pedra Redonda vista do início da Trilha

Quando você conversar com alguém que conhece Monte Verde e pedir uma dica de um passeio imperdível, com certeza essa pessoa vai te indicar a Trilha da Pedra Redonda!!! Essa Pedra fica à 1.990 m de altitude, para se chegar até seu topo são cerca de 926 m de trilha de dificuldade média e uns 30 min de caminhada cada percurso. Geralmente, o passeio dura por volta de 1h30, incluindo a subida, a descida e o tempo para fotos e contemplação. E na metade da trilha tem esse Mirante, com essa vista linda que já vai nos dando um spoiler do que nos espera lá em cima.

Primeiro Mirante da Trilha da Pedra Redonda
Essa linda vista!!!!
A Pedra Redonda vista do Mirante

Mais um pouquinho de caminhada e chegamos ao Topo da Pedra Redonda, onde temos essa vista encantadora de praticamente 360°. Foi um verdadeiro presente de Deus poder contemplar essa vista, com sol e esse céu maravilhoso. Lembrando que o dia amanheceu chuvoso e quando saímos para o City Tour a trilha havia sido cancelada por conta de ventos fortes… Mas o tempo abriu, a trilha foi liberada e aqui estamos apreciando cada detalhe dessa perfeição da natureza!!!

No Topo da Pedra Redonda….
Completamente Encantadas…
Pela Belíssima Paisagem…

Do Topo da Pedra Redonda dá pra ver até a cidade de São José dos Campos/SP, o centro de Monte Verde, entre outras paisagens lindas da Serra da Mantiqueira. Aqui também tem o registro do limite entre São Paulo e Minas Gerais. E vale a pena tirar a foto da Placa de Chegada à Pedra Redonda e muuuuitas outras fotos para guardar com muito carinho desse momento tão especial!!!

Vista de São José dos Campos
Vista do Centro de Monte Verde
Divisa entre Minas Gerais e São Paulo na Pedra Redonda
Detalhe da Divisa
Placa de Chegada à Pedra Redonda

É possível comprar ingresso e fazer a Trilha da Pedra Redonda por conta própria, já que o caminho é bem sinalizado ou ir com guia credenciado, que foi o nosso caso e super recomendo, pois durante todo o passeio fomos sabendo detalhes e curiosidades que só a visitação guiada nos proporciona. Quem nos conduziu nessa trilha e em todo o City Tour foi o Guia Leandro, que é super atencioso!!!

Nosso Guia Leandro

A portaria de entrada para a Trilha da Pedra Redonda fica no final da Avenida das Montanhas. Lembrando que trata-se de uma propriedade privada e o acesso é pago e deve ser agendado pelo site (caso não vá com guia):  https://mymento.com.br/move/entrada-pedra-redonda-1090 . Como é uma trilha, vá com tênis ou outro calçado específico para trilha, porque tem partes íngremes e escorregadias e leve sua garrafinha de água porque no trajeto não tem como comprar. De resto é só aproveitar e se deleitar com essa vista maravilhosa.

Descansando os Pézinhos na Pedra Redonda
Um verdadeiro Presente de Deus estar aqui!!!

Depois dessa vista de tirar o fôlego, vamos “voltar para a Terra” e continuar nosso City Tour seguindo agora para Mirante do Aeroporto (Rua do Aeroporto, 740) que conta com uma pequena pista de pouso e um hangar e é famoso por ser um point para fotos tanto dos grafites, quando da vista da cidade!!! Eu não resisti e tirei várias fotinhos (pra variar).

Vista do Mirante do Aeroporto

Que vista linda!!!

Dali seguimos para mais uma paradinha do nosso City Tour, na Folhas e Flores Fábrica de Sabonetes, onde é possível acompanhar a produção dos sabonetes artesanais que estão à venda na loja. É um cheiro tão delicioso que nos fascina. Os sabonetes em formato de fruta tem o aroma muito fiel ao original. É uma excelente opção de lembrancinha da viagem.

Visitando a “Folhas e Flores” Fábrica de Sabonetes…
Olha que charme e que cheiro mais envolvente…
Acompanhando a produção da Fábrica…

A Saboneteria Folhas e Flores também fabrica sabonetes de argila que ajudam a pele, cada um cuidando especificamente de uma parte. Tem argila preta, branca, amarela, verde e rosa, é só verificar o que mais te interessa e escolher (o que é bem difícil, dá vontade de levar um de cada para experimentar…). Além dos sabonetes de arroz, de carvão ativado, cremes e kits de presente.

Conhecendo as propriedades dos sabonetes artesanais…

A Fábrica de Sabonetes Folhas e Flores fica na Avenida Sol Nascente, 1703 e mais informações estão no Instagram: @folhasefloressaboneteria.

Bem pertinho dali, seguindo na própria Avenida Sol Nascente, no nº 1945, fomos conhecer a Fábrica de Chocolate da Chocolateria Monte Verde!!! Foi muito interessante conhecer o processo de fabricação do chocolate, acompanhar os momentos em que ele é aquecido, resfriado, colocado nas forminhas até chegar à prateleira.

Na Chocolateria Monte Verde…
Visitando a Fábrica

Falando em prateleiras, as da Fábrica de Chocolate da Chocolateria Monte Verde são uma verdadeira tentação, são tantas opções que fica difícil escolher o que levar… Você pode comprar as embalagens já prontas, ou montar seu próprio kit a granel e pesar no final. Os chocolates são deliciosos, degustamos uns bem diferentes como o de milho e o de limão, entre outros.

Amei esse Esquilinho
Olha a tentação…
Muito sabor envolvido!!!

Além dessa Fábrica de Chocolate, a Chocolateria Monte Verde também tem uma loja com cafeteria no centro da cidade, na Avenida Monte Verde nº 1061. Seja em uma ou outra, vale muito a pena provar essas delícias!!! E para saber mais informações é só acessar: https://chocolateriamonteverde.com.br/

E para finalizar o City Tour¸ fomos conhecer a Destilaria Monte Verde,  onde pudemos visitar a fábrica, ver de perto os Equipamentos de Destilação, passear pelo corredor lotado de Barris de Armazenamento (que eu apelidei carinhosamente de “Corredor da Felicidade”…rsrs), os Tonéis Gigantes, entre outros espaços e o guia Leandro foi nos contando os detalhes, já que não tem visitação guiada na Destilaria.

Na Destilaria Monte Verde
O “Corredor da Felicidade”

Fomos explorando os espaços até chegar na parte da Loja e onde acontece a Degustação da Destilaria Monte Verde. Sei que você estava esperando esse momento, não é mesmo? Minha irmã, que é a degustadora oficial do blog, também!!! As bebidas ficam expostas para você se servir e provar à vontade. Ela experimentou só algumas (afinal ainda tínhamos um roteiro para curtir no dia seguinte) e a que mais gostou foi a “Cana Benta”, que é um blend de uva verde, vinho branco e cachaça. Se você ficar na dúvida do que levar, essa é uma boa sugestão.

A Loja da Destilaria Monte Verde…
A Degustadora Oficial do Blog em Ação…

A Destilaria Monte Verde fica na Rua do Mato, 75 e mais informações sobre os produtos e toda a história do surgimento do aguardente (ou cachaça), inclusive suas propriedades medicinais atribuídas pelos Alquimistas podem ser vistos no site: https://destilariamonteverde.com.br/

E para poder aproveitar ainda mais a Destilaria, o roteiro do City Tour em 4×4 inclui o traslado de ida e volta ao hotel. Assim você pode degustar sem se preocupar em como voltar pra “casa”… (Nada pessoal colocando a foto da minha irmã aqui, ok😉?) Lembrando que o nosso guia foi o Leandro da Receptivo Monte Verde, para conhecer mais detalhes desse roteiro e de outros da empresa, é só acessar o instagram: @receptivo_monteverde. Muita Gratidão por terem nos proporcionado momentos tão incríveis no dia de hoje!!!!  Agora é só descansar para recarregar as baterias para amanhã…

Roteiro do Terceiro Dia: Orquidário MV / Escola de Falcoaria / Parque Oschin / Trilha do Pinheiro Velho / Avenida Monte Verde

Para começar bem nosso dia, nada melhor que um caminho repleto de flores, não é mesmo? Então vamos iniciar nosso roteiro de hoje pelo Orquidário MV¸ um lugar encantador, que possui um acervo riquíssimo de orquídeas, plantas carnívoras, suculentas, bromélias e muitas outras espécies, divididas em três estufas.

Apreciando a beleza do Orquidário MV…
Um verdadeiro encanto…

O Orquidário MV pertence ao biólogo José Mauricio Piliackas, que além de nos permitir contemplar a beleza dessas plantas gratuitamente, também oferece cursos e palestras. Muitas das plantas expostas ali estão à venda e há folhetos explicativos com muitas dicas de como cuidar de cada espécie. Vale muito a pena levar essa lembrança viva pra casa!!!

Explorando os espaços do Orquidário MV

O Orquidário MV fica na nossa conhecida Avenida Sol Nascente, 1000. Maiores informações e horário de funcionamento estão no site: https://orquidariomv.com.br/novo/

Depois de contemplarmos a beleza da natureza através da flora no Orquidário, vamos contemplá-la agora através da fauna, mas de uma fauna muito especial e poderosa: as aves de rapina. Isso mesmo, vamos agora ter uma aula sobre essas aves na Escola de Falcoaria com o biólogo Riuvânio.

A linda Atena na Escola de Falcoaria
Todos aguardando a aula…
O Biólogo Riuvânio com a Gaia

A aula dura aproximadamente uma hora, é chamada de “Interação Animal Assistida” e consiste em uma parte teórica sobre a falcoaria e as aves de rapina e uma parte prática de interação com a ave em um campo aberto, onde ela voa até você mediante os comandos do instrutor. O valor da aula é R$95 por pessoa e é permitido levar um acompanhante que pagará R$35, mas não terá interação com a ave. Esse valor ajuda nos projetos que a Escola desenvolve. É uma experiência bem diferente e eu super recomendo!!! A aula de hoje contou com a presença de duas fêmeas da espécie Gavião-asa-de-telha: a Gaia e a Atena.

Todos atentos à aula
As poderosas Gaia e Atena

Antes que você questione se as aves sofrem algum tipo de exploração ou maus-tratos, já vamos esclarecer que tudo é feito com muito respeito e cuidado com os animais e um dos principais trabalhos da Escola de Falcoaria é a Reabilitação de Animais que são vítimas de tráfico e maus-tratos, como essa linda Corujinha, que está nesse processo de reabilitação. Outro pilar da escola é a Educação Ambiental para que haja proteção à fauna e à flora.

O biólogo Riuvânionos explicou que a Falcoaria é uma das formas mais antigas de interação entre o homem e o animal, onde cada um percebe como pode ser beneficiado com as ações do outro, tanto que essa atividade foi reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Também nos contou as diferenças entre os tipos de aves de rapina, como águias, gaviões e falcões, nos falou sobre o processo de reabilitação na Escola e quais os casos que podem ou não retornar para a natureza, entre muitas outras informações. Principalmente que as Aves de Rapina não são Pets (um recado para a “Felícia” aqui que estava louca pra dar um beijinho nas Divas Gaia e Atena).

Momento de Interação com a Gaia
Completamente Encantada com a Gaia

Depois da parte teórica seguimos para o campo aberto, onde acontece o “voo orientado”, ou seja, o instrutor nos mostra a posição correta que devemos ficar de acordo com a posição da ave e coloca um alimento na nossa mão (que está protegida com uma luva fornecida pela escola) para que ela venha buscar. A sensação de ter um ser tão especial quanto esse vindo na nossa direção e pousando em nosso braço é incrível!!! Mais um presente de Deus nessa viagem!!!

Muita Emoção com a Gaia passando tão pertinho

A Escola de Falcoaria fica na Rodovia Deputado Agostinho Patrus, Km 4. Para maiores informações e agendamento da sua aula é só acessar o site: https://escoladefalcoaria.com.br/ . Muita Gratidão por toda a atenção, carinho e ensinamentos recebidos na Escola!!! E que Deus abençoe e proteja a Natureza cada dia mais!!!

Imagino como essa experiência e adrenalina da Falcoaria já te deu uma fominha, certo? E o que você acha de um almoço super bacana, tendo como cenário um lindo parque? É isso que vamos fazer agora, almoçar e passear no Parque Oschin, que foi idealizado pelo Sr. Oschin para seus netos e depois foi aberto ao público. A família Oschin é de origem Leta e está em Monte Verde desde a década de 60.

Contemplando a beleza do Parque…
A Família aproveitando também!!!

O Parque Oschin possui uma área de 50.000m² de uma natureza belíssima para ser contemplada e onde é possível passear pelo Caminho das Hortências, ver cascatas e grutas, como a Cascata da Olívia e a Gruta do Ian, apreciar a paisagem da Pedra do Bento, entre muitas outras atividades.

No Caminho das Hortências…

Na Cascata da Olívia
Aproveitando a “Pedra do Bento”

Um dos momentos mais especiais nesse passeio pelo Parque Oschin foi a interação com as Lhamas,conseguimos alimetá-las, fazer carinho, conversar, enfim, um verdadeiro presente de Deus estar tão pertinho dessas fofuras!!! E minha irmã que adora Lhamas ficou encantada!!!

Momento Fofurice total com as Lhamas…
Elas são muuuuito fofas!!!
“Tem uma araucária pra mim, Tia?”

Brincamos tanto com as Lhamas que até estávamos esquecendo de comer, mas o estômago fez questão de refrescar nossa memória… Na época que nós fomos estava acontecendo o Festival Tropeiro, com várias atividades e comidas típicas, entre elas o “Entrevero de Pinhão”, que era tipo uma paeja com vários tipos de carnes, temperos e pinhão. Minha irmã experimentou e super aprovou!!! Ao longo do ano são vários festivais, quando você for, nos conte nos comentários qual era o festival da época.

A Maninha degustando o…
…”Entrevero de Pinhão”

Já os meus pais optaram por ficar no Restaurante e pediram Picanha na Chapa e eu fiquei com a opção vegetariana que foi o Nhoque ao Sugo.  Tudo estava delicioso, inclusive o Café em coador de pano individual, um verdadeiro charme!!! A estrutura do Restaurante é excelente!!!

A Família no Restaurante do Parque Oschin
Hora do Café…

Além de sua beleza natural, o Parque Oschin tem vários pontos instagramáveis, como o Balão. o Trator¸ os Animais de Brinquedo, entre outros. E uma Lojinha muito charmosa que tem até lhama de pelúcia…

Vamos passear de Balão?
Na Lojinha do Parque Oschin

O Parque Oschin fica na Rua da Mantiqueira, 1460, funciona de quarta à segunda das 10h às 18h e o ingresso adulto custa R$ 50,00 e vale para o dia todo. Para saber mais informações e detalhes de todas as atrações do Parque é só acessar: http://parqueoschin.com.br/ . É um passeio muito agradável para toda a família!!!

Voltando para o centrinho, na Avenida Monte Verde (em frente à Chocolateria Gressoney), pegamos a Trilha do Pinheiro Velho, que é bem famosa na cidade, está localizada numa área de Mata Atlântica e recebeu esse nome por abrigar um Pinheiro de cerca de 500 anos, cujo diâmetro é de 1,70m. Na trilha também encontramos uma Fonte.

Na Trilha do…
Pinheiro Velho
Com direito à Fonte

A Trilha do Pinheiro Velho é bem curtinha e tranquila de fazer, mas de qualquer forma é bom ir de tênis porque tem parte que tem bastante umidade e acaba ficando escorregadia. Para saber mais informações é só acessar:  https://monteverde.org.br/trilha-do-pinheiro-velho/

Indicações da Trilha do Pinheiro Velho

Saindo da trilha, aproveitamos para dar mais uma passeadinha pela Avenida Monte Verde, passamos pela Vila Europa, pela Vila Germânica, onde tiramos foto com esse Esquilo de Pelúcia super fofo. Visitamos a Galeria Verner Grinberg¸ entre outras lojas, para fazermos as últimas comprinhas e nos despedirmos da cidade…

Passeio pela Vila Europa
Na Galeria Verner Grinberg

Para ter uma ideia de como foi nosso passeio por Monte Verde, dá uma olhadinha nesse vídeo que postei no nosso Canal do Youtube e depois me fala se realmente não é um lugar encantador: https://www.youtube.com/watch?v=pk-z7L-bn14

Um Grande Abraço Monte Verde

E com essa linda imagem, vou encerrando esse post. Agradeço de coração sua companhia!!! Lembrando que se você gostou da postagem, compartilhe com seus amigos para que possam se divertir também, e siga nossas redes sociais para saber em primeira mão as novidades: Instagram (@cadaviagemumabagagem ) e Facebook (https://www.facebook.com/cadaviagemumabagagem/ ).  Ah! E se inscreva no nosso canal do Youtube (Cada Viagem uma Bagagem): https://www.youtube.com/channel/UC5Q29-MYuWjvPH__wWhF42A

Muita Gratidão por essa linda vista e por todo o passeio!!!