No Caminho da Fé: Aparecida do Norte

Hoje meu convite pra você é muito especial: vamos percorrer o caminho da fé, visitando Aparecida do Norte?

Vamos aproveitar que o mês de outubro é consagrado a Nossa Senhora Aparecida e dia 12 é comemorado seu dia (considerado Feriado Nacional por ser a Padroeira do Brasil) e vamos homenagear Nossa Mãe Querida, fazendo uma visita a sua casa!!!

Me acompanha nessa jornada de renovação da fé?

Basílica Nacional de Aparecida do Norte

Saímos cedo de São Paulo em direção à Aparecida do Norte, que fica a aproximadamente 170 km da capital e cerca de 2h30 de carro. Quem me acompanhou nesse caminho da fé foram meus pais (Pedro e Dalva) e minha irmã Ane. Visitar Aparecida do Norte é sempre um presente de Deus, é um lugar abençoado e logo que você chega já sente essa energia positiva.

A devoção a Nossa Senhora Aparecida começou em 1717 quando sua imagem foi encontrada no Rio Paraíba do Sul em duas partes: primeiro o corpo e depois a cabeça, pelos pescadores: João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia, que estavam há dias tentando pescar para o banquete que seria servido ao Governador da Província de São Paulo e Minas Gerais: Dom Pedro de Almeida e Portugal – o Conde de Assumar. Porém não estavam encontrando peixes e depois do encontro da imagem, milagrosamente os peixes surgiram em quantidade abundante! Foi o primeiro milagre de Nossa Senhora Aparecida!!!

Pescadores que encontraram a Imagem de Nossa Senhora no Museu de Cera
Quadro dos Pescadores na Sala das Promessas

Como forma de agradecimento, colaram a imagem e montaram um altar na casa dos pescadores e todo sábado os moradores da região se reuniam pra rezar.

Como a devoção à Nossa Senhora Aparecida foi aumentando, construiu-se um Oratório, depois uma Capela de pau-a-pique em 1740, seguida por uma Igreja em Morro dos Coqueiros em 1745, mas como a estrutura era de taipa de pilão, acabou se deteriorando com o tempo. Então foi reformada, dando origem à “Igreja de Monte Carmelo” ou Matriz Basílica, atualmente conhecida como Basílica Velha, que foi inaugurada em 1888.

A devoção a Nossa Senhora Aparecida continuou aumentando a cada dia, então na comemoração do bicentenário do encontro da imagem (1917), surgiu a ideia da construção de um novo santuário para acolher os fiéis, cuja solenidade de lançamento da pedra fundamental aconteceu em 1946, mas a construção só começou em 1955 e as atividades no Novo Santuário só iniciaram em 1982 com o traslado da Imagem de Nossa Senhora Aparecida (a mesma que foi encontrada no rio) da Basílica Velha para a Basílica Nova. Essa imagem encontra-se hoje no Nicho de Nossa Senhora Aparecida, que é decorado com mosaicos de ouro e protegido com vidro blindado.

Basílica Nova de Aparecida do Norte
NIcho de Nossa Senhora Aparecida

Agora que você já ficou sabendo um pouco da história de Nossa Senhora Aparecida, vamos começar nosso tour pelo Santuário Nacional de Aparecida do Norte. Vamos começar assistindo à Missa na Basílica Nova. Para saber os horários certos das missas é só dar uma olhadinha no site: www.a12.com/santuario/pastoral/pastoral-horarios-de-missas-santuario-nacional. É sempre bom começar recebendo as bençãos de Nossa Senhora Aparecida!!

Missa na Basílica Nova

Vale lembrar que o Santuário foi construído em forma de Cruz e que sobre o Altar Central tem uma Cruz de Aço de 8m de altura com a imagem de Cristo vazada, representando sua entrega pela humanidade. O Altar também fica no centro do Santuário representando Jesus, que é o centro da vida de todo cristão e a mesa é de pedra granito maciça.

Altar visto da Cúpula

Aproveitamos para visitar também a Capela do Santíssimo e a Capela de São José, que ficam uma de cada lado do Altar do Santuário e são lugares ideais para momentos de recolhimento e prece.

Ambas as capelas são repletas de símbolos. A Capela do Santíssimo, que está à direita do Altar Central do Santuário, tem um altar que é composto por cinco mosaicos representando os quatro evangelistas e o cordeiro pascal no centro e as videiras no portal de entrada dessa capela significam a comunhão e os pássaros que bicam as uvas seriam nos fiéis na Eucaristia. Outro detalhe é a frase em latim do portal: “Panis Angelorum Cibus Viatorum” que significa “Pão dos Anjos, Alimento dos Viajantes”, simbolizando Jesus presente no mistério eucarístico.

Capela do Santíssimo
Detalhes do Portal da Capela do Santissimo

A Capela de São José fica à esquerda do Altar Central e foi feita em homenagem ao guardião da Sagrada Família: São José. O painel do Altar é feito em azulejos e representa o Anjo avisando a São José que Nossa Senhora estaria concebendo o Messias por obra do Espírito Santo. Os painéis laterais retratam cenas da Vida de Jesus e o portal em ferro representa a entrada de um jardim, já que o piso é formado por desenhos de lírios se abrindo que simbolizam sabedoria e pureza. E a frase em latim “Dominus Domum Joseph Concredidit” significa “O Senhor confiou a José a Sua Casa”.

Capela de São José
Portal da Capela de São José

Saindo dali, vale a pena passar pelo Nicho de Nossa Senhora Aparecida!!! Como já mencionei anteriormente é o lugar que abriga a imagem encontrada no rio e é o local mais procurado no Santuário. Os fiéis podem passar bem pertinho dela e sentir de uma maneira ainda mais forte a presença da Mãe Aparecida. O nicho foi idealizado pelo artista sacro Claudio Pastro e traz toda uma simbologia, como o Sol representando o círculo que é a forma perfeita de Deus, a Faixa Central com os três Arcanjos: Rafael, Miguel e Gabriel levando os pedidos dos fiéis e trazendo as graças de Deus, entre outros elementos. Para saber mais detalhes sobre todos os demais símbolos é só dar uma olhadinha no site: www.a12.com/santuario/noticias/o-simbolismo-do-nicho-de-nossa-senhora-aparecida.

Nicho de Nossa Senhora Aparecida

Saindo dali, quero que você conheça comigo a Sala dos Milagres ou Sala das Promessas, que é o segundo lugar mais visitado do Santuário, e fica no subsolo da Basílica Nova. É aqui que os fiéis entregam objetos e fotos como forma de agradecimento de bençãos alcançadas. Logo na entrada, nos deparamos com quadros contando a história do aparecimento da Imagem e também dos primeiros milagres de Nossa Senhora, além de fotos no teto. Depois seguimos para a outra parte repleta de objetos símbolos das promessas. Até postei um vídeo na nossa página do blog no youtube para você ter uma ideia da dimensão das graças: https://www.youtube.com/watch?v=yE1CAAAwyQw

Família na Entrada da Sala das Promessas
Sala das Promessas

Ao lado das Salas das Promessas tem um espaço com várias mesas para que os fiéis possam descansar e também se alimentar, já que ali tem um café, também tem a Livraria Santuário, uma loja de artigos religiosos e ainda a Exposição: “Mistérios do Rosário: Caminho do Homem, Caminhos de Deus”, com peças de argila dos artistas Blás Servin e Ângela Servin, contando a história de Jesus.

Mistérios do Rosário

Também no subsolo da Basílica Nova fica o “Espaço Devotos Mirins” com apresentação do Tijolinho e toda sua turma para entreter e evangelizar as crianças, ensinando desde cedo os pequenos a amar Nossa Mãezinha Aparecida!

Um lugar especial dedicado às crianças!

Agora quero que você conheça comigo um dos lugares mais marcantes desse nosso tour: a Cúpula do Santuário. Isso mesmo, recentemente foi lançado o “Circuito de Visitação à Cúpula”, que pode ser feito sozinho (R$10,00 – inteira e R$ 5,00 – meia) ou o combo com a visitação à torre também (R$ 15,00 – inteira e R$ 7,50 – meia). Nós optamos pelo combo. A bilheteria e o elevador de acesso à Cúpula ficam próximos à Sala das Promessas. A Visita começa com a “Exposição dos 300 Anos” contando detalhes sobre a construção do Santuário, inclusive com os materiais utilizados, além de objetos religiosos e lembranças das visitas dos Papas à Basílica Nacional.

Materiais utilizados na construção da Basílica Nova
Objetos Religiosos

Seguimos agora para a Visitação à Cúpula, propriamente dita, que está sobre o Altar Central a uma altura de mais de 50m do chão e foi inaugurada em 11 de outubro de 2018. A obra da Cúpula é belíssima e a vista do Altar e do Santuário de lá de cima é encantadora!!! E antes de se chegar à Cúpula tem toda a explicação da simbologia que sua obra (idealizada pelo artista Cláudio Pastro) retrata, como o sol ao centro que é Cristo e em si o Espírito Santo e os pássaros voando ao seu redor representando os fiéis que vem ao Santuário em busca da luz de Jesus, rodeados pela Árvore da vida que é o Reino de Deus! Poder apreciar essa riqueza de detalhes tão de perto é mais um presente de Deus e de Nossa Senhora Aparecida!! Se quiser sentir como foi essa experiência, dá uma conferida nesse vídeo que postei no nosso canal no youtube: https://www.youtube.com/watch?v=zRHk219LiP8 . E para saber mais detalhes sobre o horário da visitação é só olhar no site: www.a12.com/santuario/locais-turisticos/circuito-de-visitacao-a-cupula.

A Cúpula da Basílica Nova

Vale lembrar que a Cúpula Central é sustentada pelo Baldaquino, formado por quatro pilastras de mais de 40m de altura, onde estão representadas a fauna e a flora brasileira, bem como as estações do ano e também o povo brasileiro. Também tem a representação dos anjos e no centro (ao redor da Cúpula) está escrita a primeira parte da Oração “Ave Maria“.

A Cúpula e o Baldaquino
Detalhe da Oração Ave Maria e do Baldaquino

Depois dessa vista incrível, descemos pelo elevador e nos dirigimos para outra parte do Santuário (não tem passagem direta da Cúpula para a Torre), para visitarmos o Museu de Nossa Senhora Aparecida e o Mirante da Torre.

A Torre Brasília tem 100m de altura, 18 andares, 440 degraus e foi inaugurada no ano de 1961. Sua estrutura foi uma doação do Presidente Juscelino Kubitschek e em 2007 ela ganhou um relógio de quatro toneladas que foi construído em Madri. A Cruz de seu topo contém uma cápsula com a relíquia do Santo Lenho. Além de abrigar a parte administrativa do Santuário e em seu segundo andar, o Museu Nossa Senhora Aparecida, que foi inaugurado em 1967 e recebe exposições temporárias e permanentes e contém peças muito importantes, como a pedra com a marca da pata do cavalo no milagre do cavaleiro que queria entrar com o cavalo na Igreja (e este ficou preso na pedra da entrada), também as algemas do escravo que se quebraram, entre outros milagres. Além das rosas e coroas de Nossa Senhora Aparecida. É uma pena que não é permitido fotografar no museu, mas vale muito a pena visitar.

Como já mencionei anteriormente, na Torre Brasília também fica o Mirante no 18° andar, ocupando uma área de 324m2, de onde se tem uma vista privilegiada da cidade, inclusive do Rio Paraíba, onde foi encontrada a Imagem de Nossa Senhora Aparecida em 1917.

Rio Paraíba visto da Torre Brasília

E no salão da Torre Brasília ainda tem uma Exposição Cronológica de fatos marcantes da história do Santuário e de Nossa Senhora Aparecida.

No térreo da Torre Brasília ainda tem uma imagem de São José Operário e um painel representando os peregrinos.

Saindo dali, vamos passar pela Capela das Velas que é outro lugar bastante procurado pelos fiéis para pagar promessas acendendo velas de todos os tamanhos. No centro da Capela há uma Cruz de Aço de 4m de altura. É muito bonito ver essa demonstração de fé e gratidão!!! Que a luz dessas velas aqueça nossos corações e fortaleça nossa fé!!!

Capela das Velas

Bem perto da Capela das Velas, no jardim do Santuário fica o Campanário que é formado por 13 sinos, sendo 12 em homenagem aos 12 apóstolos e o maior deles dedicado à Virgem Maria e à São José. Eles tocam em horários específicos e é um lindo espetáculo!!!

Vamos agora para o outro lado, onde fica a Basílica Velha, e para chegar lá, vamos atravessar a Passarela da Fé, que foi inaugurada em 1971, justamente para facilitar o acesso entre as Basílicas Nova e Velha.  Foi projetada em formato de “S” em homenagem à Nossa “S“enhora da Conceição Aparecida. A passarela também é um local de agradecimento, onde muitos fiéis atravessam seus 392 metros de comprimento de joelhos para pagar promessas. Eu já fiz esse percurso em dois momentos da minha vida, subindo e descendo de joelhos nas duas vezes e posso te dizer que é uma emoção muito forte e uma gratidão imensa pelas graças recebidas!!! Você recebe uma força tão grande para cumprir a promessa que o percurso passa tão rápido que quando você percebe já chegou! Sou muito grata à Nossa Senhora Aparecida por ter me concedido alcançar as bençãos e ainda me ajudar a pagar as promessas!!! Bem coisa de Mãe: ajudar os filhos em tudo 😉!!!🙏🙏🙏

A Famosa Passarela da Fé
Detalhe da Passarela

Do outro lado da passarela fica o Centro da Cidade Aparecida com várias lojas, restaurantes e principalmente a Basílica Velha, que foi inaugurada em 1888 e construída no local onde ficava a Antiga Capela (erguida em 1745). Seu estilo é o barroco, foi tombada pelo Condephat em 1982, mesmo ano que a imagem de Nossa Senhora encontrada pelos pescadores (que ficava aqui), foi trasladada para a Basílica Nova. Passou recentemente por um processo de restauração e está belíssima! Para saber os horários de missas, é só dar uma olhadinha no site: www.a12.com/santuario/pastoral/pastoral-horarios-de-missas-santuario-nacional

Órgão da Basílica Velha

Também é desse lado da passarela que fica a Feira que é bem grande e tradicional na cidade. Essa foto eu tirei do Mirante para você ter uma ideia da dimensão dela.

Agora vamos descer a passarela e voltar para o Santuário para fazer o passeio de Bondinho, que faz a ligação deste ao Morro do Cruzeiro, onde fica o Mirante do Cruzeiro, uma torre com 30m de altura que proporciona uma vista linda de Aparecida. O Cruzeiro também é uma obra do artista Claudio Pastro (o mesmo idealizador da Cúpula que visitamos anteriormente), é feito em aço, pesa 25 toneladas, possui 23 metros de altura e fica sobre o Mirante. Além do Mirante, você pode passear pelo Morro do Cruzeiro, onde tem o caminho da Via Sacra com painéis espalhados representando suas 14 estações.

Estação Cruzeiro
Vista do Mirante do Cruzeiro
Detalhe do Mirante

Pegamos o bondinho de volta e fomos conhecer agora a Esplanada de D. Paulo II (que recebeu esse nome em homenagem ao local onde o Papa João Paulo II celebrou a missa campal quando visitou o Santuário em 1980), onde está a Colunata dos Apóstolos, que consiste em 12 colunas maiores com estátuas dos 12 apóstolos que medem 4m e pesam 4 toneladas cada. São feitas de cimento e cobertas com cobre, sendo obras do artista Alexandre Morais e inspiradas na Basílica de São Pedro em Roma e com os dois braços simbolizando o abraço da Igreja ao acolher os fiéis.

Na Esplanada de D. Paulo II
Colunata dos Apóstolos
Detalhe da Colunata

E de cada um dos lados da Colunata tem uma Capela, do lado direito fica a Capela do Batismo, que como o próprio nome diz é para a realização de batizados e do lado esquerdo fica a Capela da Ressureição, que abriga os túmulos dos Bispos e Arcebispos de Aparecida, além do Memorial Virtual dos Colaboradores da Campanha dos Devotos falecidos. Suas paredes trazem cenas da Via-Sacra e seu interior também a imagem do Bom Pastor de 4m de altura representando Jesus Ressuscitado que nos conduz à vida eterna.

Capela do Batismo

Bem perto dali, fica o “Centro de Apoio aos Romeiros”, também conhecido como Shopping de Aparecida, que conta com várias lojinhas de souvenirs, com uma vasta opção de restaurantes na Praça de Alimentação. Além de um Aquário com muitas espécies da vida marinha.

Atravessando esse Centro de Apoio aos Romeiros, chegamos ao Memorial da Devoção Nossa Senhora Aparecida que abriga o Cine Padroeira (um cinema 3D que conta a história de Nossa Senhora Aparecida, desde o encontro de sua imagem nas águas do Rio Paraíba até seus grandes milagres! É emocionante!!!! Se cair algumas lágrimas dos seus olhos durante o filme, não se preocupe, é só olhar pro lado e verá que não é a única pessoa assim… Ah! Não é permitido fotografar aqui, mas se você for tenho certeza que não vai se arrepender).

O Memorial da Devoção também abriga o Museu de Cera, que retrata a história de Nossa Senhora Aparecida de uma forma bem realista, com perfeição de detalhes nas estátuas de cera. Além da representação de santos, grandes nomes da Igreja e celebridades que são devotos de Nossa Senhora.

Na representação do encontro da Imagem pelos Pescadores
Milagre do Escravo Zacarias
Milagre da Menina Cega
Beatos e Santos: Frei Damião, Nhá Chica, Frei Galvão (Santo) e Santa Teresa de Calcutá

O Memorial da Devoção ainda abriga o Cantinho dos Devotos Mirins, um espaço para Exposições e uma lojinha de lembrancinhas. Esse Memorial foi inaugurado em 2016 e realmente vale a visita, e tem desconto se você já comprar o ingresso quando for visitar a Torre de Brasília. Para saber mais detalhes é só acessar o site: www.memorialdadevocao.com.br

Quadro em Homenagem aos 300 Anos do Aparecimento de Nossa Senhora
Exposição do Memorial da Devoção

Ali perto também fica o Morro do Presépio que possui mais de 70 esculturas em tamanho natural, que representam o nascimento de Jesus e o encontro de Nossa Senhora. Além de uma vista belíssima!

Esculturas do Morro do Presépio
Representação do Presépio

E se você tiver com tempo, vale a pena conhecer a Cidade do Romeiro, que foi idealizada com uma ampla infraestrutura para receber os devotos de Nossa Senhora e começa a partir daí o Caminho do Rosário e vai acompanhando o Rio Paraíba do Sul até chegar ao Porto Itaguaçu, que fica numa curva desse Rio onde foi encontrada a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Também é possível fazer um passeio de barco pelo Rio Paraíba. Ainda não tive a oportunidade de fazer esse tour, mas já está na minha lista para a próxima visita à Aparecida do Norte.

Rio Paraíba

Nossa visita ao Santuário Nacional de Aparecida do Norte vai ficando por aqui. Espero de coração que tenha gostado desse passeio e que Nossa Senhora Aparecida abençoe grandemente a você e a todos os seus familiares e amigos e que Nosso Senhor Jesus Cristo encha suas vidas de luz, paz e bem!!! Muito obrigada pela sua companhia e até a próxima postagem!!!!

Que Nossa Senhora Aparecida abençoe a todos nós!!!