Top 10 de Toronto

Já imaginou caminhar até tarde da noite com o celular na mão, ou  então durante o dia, no trajeto para o trabalho ou escola, passar por belas praças, lindos prédios e ruas limpas, tudo isso em plena metrópole? Sei que sua curiosidade está a mil pra saber que lugar é esse. Mas calma que já vou te contar: estou falando de Toronto!!! A cidade mais cosmopolita do Canadá (e uma das mais seguras da América), além de ser a capital da província de Ontário!!!

Assim como eu, tenho certeza de que você vai se encantar por Toronto e por outras cidades da costa leste do Canadá que tive a oportunidade de conhecer e vou te mostrar com detalhes, mas vou dividir as postagens pra não ficar uma matéria muita longa.

E pra começar, te convido a me acompanhar no Top 10 de Toronto: os 10 principais pontos turísticos que você precisa conhecer em Toronto se for ficar pouco tempo. Mas calma que virão outros posts contando mais detalhes e tudo de melhor que essa cidade tem a nos oferecer.

Vamos começar nosso tour?

1 – CN Tower

Quando se fala em Toronto, uma das primeiras imagens que nos vem à cabeça é ela: a linda, poderosa e absoluta CN TOWER!!! Essa famosa Torre de Toronto tem 553,33m de altura e é a terceira maior torre do mundo (a 1ª é a Tokyo SkyTree do Japão com 634m e a 2ª é a Torre de Cantão da China com 595,7m). A CN Tower foi construída em 40 meses e inaugurada em 1976, sendo a maior torre do mundo até 2010.

As iniciais CN fazem referência à Canadian National que foi a companhia ferroviária que construiu a torre para fazer parte da grande estação ferroviária Metro Centre e a torre desde o início alugava suas antenas para transmissão de sinais. O que acontece até hoje sendo bastante utilizada para as telecomunicações.

Para subir na torre você tem várias opções para comprar o ingresso: na própria bilheteria;  pelo site: https://tickets.cntower.ca/webstore/shop/viewItems.aspx?cg=TIX&c=GA&Language=1, pelo citypass que dá direito a subida na Torre e mais quatro outras atrações em Toronto com desconto: https://pt.citypass.com/toronto e também a nossa opção que foi a reserva para o jantar no 360º Restaurant (https://www.cntower.ca/en-ca/360-restaurant/reservations-and-menus.html) que pode ser feita pelo site e garante que você consiga vaga para apreciar a incrível vista da CN em 360º e saboreando uma deliciosa comida gourmet, além de acesso direto (sem fila) à Torre.

A CN Tower funciona diariamente das 9h à 22h30, fechando somente no Natal, então você pode escolher o melhor horário dentro do seu roteiro para visita-la, mas eu sugiro que você vá mais para o final da tarde, assim você ter a vista diurna e noturna da torre, além do belíssimo pôr do sol.

O encanto da subida à CN Tower, já começa com o elevador que chega ao piso principal em 58 segundos, isso mesmo, menos de 1 minuto para subir!!! Chegando lá você pode se dirigir diretamente ao restaurante (se tiver feito a reserva) e depois ir para os níveis de observação. Ou então ir direto para a visitação.

Fomos até o restaurante, mas como ainda não era nosso horário e não tinha mesas próximas à janela, marcamos um horário mais tarde e fomos observar a vista.

Começamos pelo Main Observation Level¸ que é o principal nível de observação à 346m de altura com paredes de vidro em todo o andar e que nos proporciona vistas incríveis de toda a cidade e o pôr do sol visto da CN Tower ganha um charme todo especial. Eu filmei e postei no nosso canal do Youtube pra você ter uma ideia de como é lindo: https://www.youtube.com/watch?v=Hq0BpuO4Fag

Encantada com a vista do Main Observation Level da CN Tower
Vista da CN Tower…

Com esse incrível Pôr do Sol

Anoitecendo em Toronto…

E é ainda nesse piso que fica o Glass Floor: o piso de vidro no qual você pode caminhar e ter essa vista privilegiada do Ripley’s Aquarium a seus pés.

Descendo um nível, você chegará ao Outdoor Observation Level, também conhecido como  SkyTerrace, que fica numa altura de 342m, tem grade de proteção, mas é ao ar livre e nos permite sentir a brisa de Toronto do alto. Quando descemos para esse andar já tinha escurecido e foi possível contemplar toda a beleza da cidade iluminada!!!! Dá só uma olhadinha nesse vídeo que postei no nosso canal do Youtube para ver como é encantador: https://www.youtube.com/watch?v=AGIyKMs04Qo

Vista do Sky Terrace

Ainda com o deslumbramento da Toronto Iluminada subimos mais dois níveis pois estava chegando o horário da nossa reserva para o jantar no 360º Restaurant, o Restaurante Giratório da CN Tower. Posso te dizer que é uma experiência única e vale muito a pena incluir no seu roteiro. Além da comida deliciosa preparada por chefs renomados, você vai saboreando a vista maravilhosa da cidade em 360º e que dura aproximadamente uma hora a volta completa.

360º – O Restaurante Giratório da CN Tower

O menu do 360º Restaurant tem preço fixo (variando de $65 a $79 dólares canadenses, incluindo a entrada e o prato principal e no segundo valor também a sobremesa – bebidas são pagas a parte) e tem opção vegetariana!!! Ah! A taxa de serviço/ gorjeta ou como eles chamam “tip” não vem inclusa na conta, então é bom lembrar de acrescentar o valor (de 10%  a 20% do valor da conta), senão eles ficam bem chateados e vão te perguntar o que aconteceu de errado para você não querer pagar a tip.

Jantar Maravilhoso no 360º Restaurant da CN Tower
A vista do 360º Restaurant!!!

Maiores informações sobre o 360º Restaurant e o menu estão disponíveis no site: https://www.cntower.ca/en-ca/360-restaurant/overview.html. E se você gosta de vinho vai adorar saber que a adega do 360º Restaurant entrou para o Guinness Book como a Mais Alta Adega do mundo a 351m de altura.

Dá só uma olhadinha na Adega da lateral….

Está pensando que a visita termina por aqui? Ainda não!!! Estava faltando a cereja do bolo para premiar a nossa noite: a subida ao  SkyPod, o mais alto de nível de observação da CN Tower: 447m de altura com essa vista espetacular da cidade. O acesso a esse nível é pago à parte e custa 15 dólares canadenses. Para ter uma ideia de como é maravilhoso é só dar uma olhadinha no nosso canal no Youtube:  https://www.youtube.com/watch?v=m2V_NUYED3o

No Sky Pod – o mais alto nível de observação da CN Tower
Ainda no Sky Pod…

Que encanto de vista…

A CN Tower conta com uma iluminação belíssima à noite. A mudança de cores a torna muito mais charmosa e encantadora!!! Ah! E se você gosta de aventura e adrenalina ainda tem mais uma opção para aproveitar a Torre, fazendo o Edge Walk, que é uma caminhada por fora da torre, preso por equipamentos de segurança e com as mãos livres. Dessa vez não tive a oportunidade de fazer essa caminhada, mas já está na minha lista para a próxima visita a Toronto. Para saber mais detalhes é só dar uma olhadinha no site: https://www.cntower.ca/en-ca/plan-your-visit/tickets/edgewalk.html.

2 – Toronto Islands

Toronto Islands ou Ilhas de Toronto

Outro lugar que gostei muito de conhecer em Toronto foi a Toronto Islands  ou Ilhas de Toronto, que como o próprio nome diz são ilhas que ficam no Lake Ontário ou Lago Ontário, cujo acesso se dá por meio do Ferry Boat (que parte a cada 20 minutos do Jack Layton Ferry Terminal – localizado entre a Bay Street and Yonge Street-  e custa CAD$ 8.19 para adultos (com desconto para crianças, idosos e estudantes) e esse valor dá direito à ida e volta) e também por meio de Water Taxi, mas a ida e a volta são cobrados separadamente (mas como optei pelo Ferry Boat não sei quanto custa).

No Ferry Boat

Chegando na Centre Island

Ah! É importante prestar atenção quando for embarcar para Toronto Islands para saber a ilha certa que você quer ir, porque partem ferries para várias ilhas (inclusive para a ilha de nudismo que é mais afastada)! Para saber mais informações sobre o Ferry Boat é só olhar o site: https://www.torontoisland.com/ferry.php.

Minha irmã e eu fomos para a Centre Island, que é a Ilha Central e a maior delas. Vou mostrar a foto do mapa da ilha só pra você ter uma ideia da dimensão dela e você já pode pegar um desse logo que chega na ilha.

Mapa da Centre Island
Na Centre Island…

A Centre Island ou Ilha Central é a ilha mais popular e que recebe mais visitantes em virtude da quantidade de atrativos que oferece, como uma Fazendinha com pôneis, lhamas, entre outros animais; o Centerville Amusement Park que é um parque de diversões para a criançada aproveitar e conta com um teleférico para os adultos apreciarem a vista da ilha do alto. A entrada da ilha é gratuita, mas para brincar nesse parque é preciso comprar os tickets na própria ilha.

A Ane com o Pônei da Fazendinha

A Centre Island é bem grande, então prepare-se para caminhar por lindos jardins  e fontes enquanto vai explorando o território e vendo diversas Maple Trees (ou árvores de Maple), cuja folha é a que está na bandeira do Canadá.

Nos Jardins…

da Ilha

Admirando as belezas da Centre Island

Com o mapa na mão e seguindo as placas chegamos até o Píer  para ter essa vista lista do Lake Ontário e para conhecermos a  Chelsea Beach que é uma das praias da ilha, onde os canadenses se divertem no verão. E como você me conhece, sabe que não podia perder a oportunidade de molhar o pé na água.

No Píer do Lake Ontário
Com o Pé no Lake Ontário

Foi na Centre Island que tivemos a oportunidade de provar o BeaverTails também conhecido como “Rabo de Castor”, mas não se preocupe que o nome só se refere ao formato do doce que parece mesmo com o rabo do castor. Esse doce lembra a massa do nosso sonho, com a cobertura de vários sabores, eu escolhi de baunilha com xarope de Maple. Estava muito bom!!! E quanto à alimentação na ilha, tem várias lanchonetes, mas se você preferir pode levar sua refeição e fazer picnic.

Como a Centre Island tem uma extensão longa, você pode alugar bikes para explorá-la melhor, então alugamos essa bike (quem ficou na direção foi minha irmã e eu fiquei na função de GPS encarregada de ver o mapa – imagine o perigo….rsrs) e fomos passear.

Mas deu tudo certo, conhecemos a Igreja de St. Andrews, o  Gibraltar Lighthouse  (ou  Farol de Gibraltar)  que é o farol mais antigo do Lago, construído em 1808, e tem a fama de ser mal-assombrado pelo fantasma de J.P. Rademueller, que tomava conta do Farol e foi assassinado e dizem que seus gritos podem ser ouvidos por toda a ilha nas noites de lua cheia do verão…

A Igreja de St. Andrews
O Farol de Gibraltar

Mas calma que tem muita coisa alegre para se ver na ilha como esses  Esquilos lindos que ficam correndo de um lado pra outro e dá um enorme trabalho para conseguir uma foto.

O Franklin’s Children’s Garden ou Jardim do Franklin, que é muito educativo para as crianças, o William Meany Maze, que é um divertido labirinto, entre muitas outras atrações. William Meany Maze O Franklin’s Children’s Garden ou Jardim do Franklin, que é muito educativo para as crianças, o William Meany Maze, que é um divertido labirinto, entre muitas outras atrações.

No Jardim do Franklin
Detalhe da Borboleta no Jardim do Franklin

A Centre Island é realmente encantadora, não dá vontade de ir embora, mas tivemos que voltar mais cedo por conta de um compromisso. Porém se você estiver com tempo vale a pena esperar para ver o pôr do sol da Ilha (na parte da praia Chelsea Beaché um dos lugares mais privilegiados da vista). Conseguimos ver do barco, voltando para Downton, que também foi lindo!!!

Voltando da Toronto Island…
E contemplando o Pôr do sol

Mais informações sobre Toronto Islands estão no site: https://www.torontoisland.com/center.php .  E o retorno no barco nos proporcionou essa paisagem linda do Downtown Toronto!!

Vista Incrível de Downtown Toronto retornando de Toronto Islands

3 – Casa Loma

Casa Loma

Já imaginou poder visitar um Castelo numa metrópole tão agitada como Toronto? Isso é possível sim, quero te apresentar agora a Casa Loma, que é um lindo Castelo que se tornou museu e é uma das principais atrações turísticas da cidade.

Sua construção se deu entre 1911 e 1914 e foi projetada pelo arquiteto E.L. Lennox em estilo Eduardiano para ser a luxuosa residência do Sir Henry Pellatt e de sua esposa Lady Mary. Porém eles só conseguiram desfrutar da Casa Loma por menos de 10 anos, devido a problemas financeiros e a grande crise do pós-guerra, o Sr. Pellat ficou totalmente endividado e teve seu Castelo confiscado em 1924.

Após isso, a Casa Loma se transformou em hotel de luxo, clube noturno, entrou em decadência, chegou a ser invadida por pessoas sem moradia e até cogitou-se sua demolição. Por sorte, em 1937 foi arrendada pelo Kiwanis Club de Toronto com o compromisso de restaurá-la e transformá-la em atração turística como de fato aconteceu e permaneceu até 2011, quando a  Casa Loma Corporation foi formada e passou a ser propriedade exclusiva da Cidade de Toronto. Mais detalhes sobre a Casa estão no site: https://casaloma.ca/

Entrada da Casa Loma…
Encanto desde a chegada….

A Casa Loma é composta por quatro andares (nível inferior, andar principal, 2º e 3º andares), um grande túnel que leva até os estábulos e mais duas torres góticas. Logo que entramos na Casa, no andar principal já nos deparamos com esse lindo salão, chamado de Great Hall mais as Salas de Carvalho e de Fumo, sendo que essa última juntamente com a Sala de Bilhar eram só frequentadas por homens.

Vista Superior do Great Hall
Detalhes do Great Hall e Biblioteca na Lateral

Também nesse piso principal ou térreo ficam o  Estúdio do Sr. Henry,  a  Sala de Servir (para refeições comuns) ea Sala de Jantar (para refeições especiais), a Biblioteca (que estava com mesas decoradas para uma festa de Casamento) entre outras salas.

Estúdio do Sr. Henry
Sala de Servir

Biblioteca da Casa Loma preparada para um Casamento

E desse piso tem-se o acesso para a Varanda e o Jardim que é encantador, nesse dia ia ter festa de Casamento da na Casa Loma¸ por isso essa decoração!!!

Jardim da Casa Loma
Mais uma fonte da Casa Loma

O segundo andar da Casa Loma é reservado para os quartos, como esse  Quarto de Hóspede com decoração chinesa e o Quarto Windsor.

O Quarto de Hóspedes…
E o Quarto Windsor

Também estão nesse andar a  Suíte da Lady Pellat e do Sir Pellat (isso mesmo, eles tinham quartos separados). Além das respectivas casas de banho (ou banheiros) de ambos, a Sala Windsor e a Sala Redonda.

Suíte da Lady Pellat
Casa de Banho da Lady Pellat
Suíte do Sir Pellat

O terceiro andar é dedicado às guerras, com armamentos e vestuário da Primeira e Segunda Guerras Mundiais, o Museu das Espingardas da Rainha, também as Sala Austin, Sala do Conselho Pellar e Sala dos Empregado.

Vestuário de Guerra

E esse lindo quadro “It is Written” de Brian Lorimer, que retrata toda a simbologia da carta para os soldados.

“It is Written”

Também é no terceiro andar que se tem acesso às torres: a  Scottish (que é fechada) e a  Norman (que é aberta), ambas nos proporcionando vistas belíssimas da cidade. O acesso a elas se dá por meio desse túnel que também é utilizado para atividades de scape room.

Scottish Tower ao fundo vista da Norman Tower
Admirando a Vista da Scottish Tower
Norman Tower vista da Scottish Tower
Que visão mais encantadora da Norman Tower

Agora vamos para o subsolo ou nível inferior onde está essa Adega e o Túnel para os Estábulos (tanto o túnel quanto os estábulos estavam decorados para a Festa de Halloween). Visitamos também a  Sala dos Coches nos Estábulos e o Barracão de Vasos, onde as plantas são preparadas para o jardim.

Túnel decorado para o Halloween…
Sala dos Carros (ou Coches)
Barracão dos Vasos

Ainda no nível inferior fica a  Galeria de Filmes de Hollywood, com posters de diversos filmes que foram gravados na Casa Loma, como  Chicago, The Cavesman’s Valentines, X-Men, entre outros. Além desse Teatro (que fica na sala onde seria construída a piscina, mas não deu tempo), o Liberty Café e Lojinha de Recordações!!!!

A Casa Loma abre diariamente das 9h30 às 17h, fechando somente no Natal e os ingressos variam de CAD$ 20 a CAD$30 (sendo esse último o valor para adultos). Vale lembrar que o mesmo city pass que comentei quando falei da CN Tower também dá direito à entrada na Casa Loma (e foi esse que usamos). Mais informações sobre valores e horário estão no site: https://casaloma.ca/plan-your-visit-2/. É um passeio que eu super recomendo!!!!

4 – Royal Ontario Museum (ROM)

Se você gosta de Museu, no seu roteiro por Toronto precisa estar incluso uma visita ao Royal Ontario Museum (ROM)  (ou Museu Real de Ontário), que foi fundado em 1914 e já passou por várias expansões ao longo do tempo para se preparar para ser o maior museu do Canadá, com um acervo de mais de 13 milhões de peças, que vão desde fósseis de Dinossauros, passando por obras de arte de diversos períodos da História da Humanidade, até espécies de animais, distribuídas entre as mais de 30 galerias do Museu.

Royal Ontario Museum (ROM)

O ROM apresenta uma arquitetura muito interessante, misturando o clássico com o moderno e nos convidando a explorá-lo ao máximo.

Logo que entramos no ROM, no Nível 1 já somos surpreendidos por esse enorme dinossauro, que já nos anuncia o que nos espera nos seus seis andares (níveis B1 e B2 no subsolo e níveis 1 a 4 superiores).

Como o ROM é enorme, sugiro que você já tenha em mente o que gostaria de visitar e vá direto para essas exposições e caso sobre tempo, conheça outros espaços do Museu. E foi isso que fizemos, indo diretamente para o Nível 2 onde fica a Ala dos Dinossauros, que realmente impressionam e dá até pra fazer uma montagem de como seria o T-Rex e você frente a frente.

Bem-vindos à Ala dos Dinossauros…
T-Rex

Também é no Nível 2 que fica a Ala da Biodiversidade, que é parte de animais empalhados. Confesso que fiquei bem chocada ao vê-los ali, então passei rapidinho, mas vou te mostrar algumas fotos caso tenha interesse de conhecer.

Seguimos agora para o Nível 3, onde estão expostas peças de diversas partes do Mundo, desde o Egito Antigo, como túmulos, sarcófagos e até gatos mumificados…

Visitando o Egito Antigo do ROM

No Nível 3 também passamos pela Grécia e Roma, Ásia, entre outros lugares e culturas.

Ala da Grécia e Roma
E também da Ásia…

Os outros níveis também contam com acervos fixos e exposições temporárias, além de cafés e lojinhas de souvenirs. O ROM funciona de terça a domingo das 10h às 17h30 e os ingressos custam de CAD$ 14 a CAD$23 (esse último é o valor para adultos). Lembrando que também é possível entrar com o city pass (que também engloba a CN Tower e a Casa Loma como já citei anteriormente). Para saber mais detalhes é só dar uma olhadinha no site: https://www.rom.on.ca/en.

5 – Ripley´s Aquarium

Ripley´s Aquarium

Outra atração bem procurada em Toronto é o  Ripley’s Aquarium¸ que é o um dos maiores Aquários do Canadá com mais de 16.000 espécies aquáticas e mais de 5,7 milhões de litros de água. Ele foi inaugurado em 2013 com a proposta de conservação e pesquisas marinhas aliadas à conscientização para a preservação através do entretenimento, e fica numa localização estratégica no Downtown de Toronto: ao lado da CN Tower e do Rogers Centre (estádio de beisebol que vou comentar mais pra frente).

O  Ripley’s Aquarium é dividido em dois níveis (upper e lower levels – pisos superior e inferior) e várias galerias. Começamos pela Canadian Waters (Águas do Canadá) onde estão representadas várias espécies aquáticas do Canadá.

Canadian Waters
O Amor no Aquário

Dali seguimos para uma das áreas mais procuradas pelos visitantes do Ripley’s Aquarium:  a Dangerous Lagoon  (Lagoa Perigosa), onde os tubarões, arraias, peixes-serra e muitos outros animais marinhos podem ser observados através de um túnel subaquático com uma esteira rolante. Enquanto você caminha na esteira, eles passam sobre sua cabeça…

Atravessando o Túnel da Dangerous Lagoon
O Peixe-serra e…
Os Tubarões

Depois fomos para o Planet Jellies (Planeta de Águas-Vivas), que apresenta várias espécies de águas-vivas com telas que mudam de cor, proporcionando um espetáculo lindo. E você ainda pode tirar uma foto para ver como você seria se fosse água-viva.

Águas-vivas de cabeça para baixo
Eu como uma Água-Viva

Dali seguimos para o Discovery Centre (Centro de Descobertas) e para o Ray Bay (Baía de Arraias), onde é possível tocar os caranguejos como o “Horseshoe Crab”, camarões e outros animais no primeiro e grandes arraias no segundo!!! E ao longo de todo aquário sempre há painéis chamando a atenção para a preservação dessas espécies.

No Ray-Bay

O  Ripley’s Aquarium funciona diariamente das 9h às 23h, mas tem dias que precisa fechar mais cedo, então é bom confirmar no site o horário no dia que você pretende ir. Os ingressos variam desde CAD$08 (para crianças) até CAD$39 (para adultos no bilhete express). Vale lembrar que também é uma atração inclusa no city pass. Mais informações sobre o aquário como um todo estão no site: https://www.ripleyaquariums.com/canada/

Dangerous Lagoon vista de cima

6 – Medieval Times

Medieval Times

Se você gosta do universo da Idade Média, com certeza vai se encantar pelo  Medieval Times, uma casa de shows temática do período medieval que realmente nos transporta para essa época desde o momento da nossa entrada, no Salão Principal seguindo pelo show e até no jantar.

Hall de Entrada do Medieval Times

Ainda no Salão Principal, é possível visitar o Museu da Tortura, que apresenta os vários meios de tortura utilizados durante a inquisição no período medieval. Estão expostos os instrumentos de tortura e quadros ilustrados explicativos de cada um desses objetos. São cenas bem fortes, por isso só vou te mostrar essas fotos que são mais leves para você ter uma ideia de como é.

Museu da Tortura

Mas para compensar o peso do Museu da Tortura, fomos para o outro lado do Salão Principal onde estão os Estábulos  com os lindos Cavalos que participarão do show. Dá vontade de levar todos esses fofuchos pra casa.

Com esses cavalos encantadores…

O Salão Principal ainda conta com um bar,  lojas de souvenirs e uma  Loja de Espadas,  com a maioria destas vindas de Toledo na Espanha que é famosa pela qualidade do seu aço. Se você quiser conhecer um pouco mais sobre a cidade de Toledo e como é a loja de espadas de lá é só dar uma olhadinha nessa postagem que fiz anteriormente: https://cadaviagemumabagagem.com/a-bela-espanha/.

Agora sim chegou o grande momento do  Dinner-Show do Medieval Times, imagina só assistir a um show de batalhas medievais, torcendo pelo seu cavaleiro enquanto degusta um cardápio típico da idade média (como sopa de tomate, milho assado, batata e para quem não é vegetariano – como a minha irmã – é servido meio frango assado). E detalhe para comer com as mãos porque naquela época não tinha talheres. Dá só uma olhadinha nesse vídeo para ver a beleza dos cavalos e sentir como será o show: https://youtu.be/Msmv8q-mKEI e me fala se não é um encanto esse cavalo dançando: https://www.youtube.com/watch?v=e4eTrSJO4Bo

Show do Medieval Times
Os Cavalos e…
Os Cavaleiros
O Jantar Medieval

Após esse incrível show é possível tirar fotos com o Elenco e minha irmã, claro, quis tirar uma foto com um dos protagonistas do show: o Cavalo. Detalhe que nesse dia, nosso time Amarelo foi o vencedor e até ganhamos uma Rosa Vermelha do Cavaleiro Campeão…

Até o Cavalo posou para a foto
Com o Vencedor: Cavaleiro Amarelo!!!!

No valor do ingresso (CAD$ 67,95 – adultos e CAD$ 45,95 – crianças) já está incluso o show e o jantar (entrada, prato principal, sobremesa, bebidas e café) e se comprar com antecedência pelo site ainda é possível conseguir descontos. Para mais detalhes é só dar uma olhada: https://www.medievaltimes.com/plan-your-trip/toronto-on/index.html

7 – Rogers Centre

Rogers Centre

Se você gosta de esporte, com certeza vai se encantar por esse passeio: conhecer o Rogers Centre, que é o estádio sede do clube de beisebol  Toronto Blue Jays  e também do time de futebol canadense Toronto Argonauts.

O estádio foi inaugurado em 1989, com grande destaque para o seu teto totalmente retrátil (que leva cerca de 20 minutos para abrir e mais 20 minutos para fechar) e com capacidade para mais de 50 mil espectadores. Vale lembrar que o nome inicial do estádio era SkyDome, porém ao ser adquirido pela Rogers Communications em 2004, teve seu nome alterado em 2005 para Rogers Centre.

O Estádio do Rogers Centre

É possível fazer uma  Visita Guiada ao Rogers Centre para conhecer um pouco mais sobre sua história e quem nos conduziu nesse tour foi o Guia Talon.

Nessa  Visita Guiada ao Rogers Centre, tivemos a oportunidade de conhecer um dos principais camarotes o  ClubHouse,  bem como outras áreas exclusivas e ainda ver o Estádio de vários ângulos.

Outro Camarote Super Top do Estádio
Mais uma vista do Estádio

O ingresso para esse tour guiado custa CAD$20 e pode ser adquirido na loja oficial do Blue Jays no próprio estádio.

Mas se você (assim como eu) ainda não tinha feito isso na vida ou adora o esporte, pode aproveitar a oportunidade para Assistir a um Jogo de Beisebol no Rogers Centre.

Assistindo ao Jogo de Beisebol

Nesse mesmo dia da visita guiada à tarde, fomos assistir ao jogo à noite: Blue Jays x Baltimore Orioles. Ah! Já fique sabendo que o jogo é longo, começou às 19h e terminou por volta da meia-noite (enquanto não desempata não termina). Mas foi uma experiência diferente e os intervalos são muito animados, tem Mascote, vai toda a família e as pessoas se divertem, brincam, dançam, enfim, foi bom ter conhecido. Para saber mais detalhes sobre os jogos é só conferir no site: https://www.mlb.com/bluejays

Blue Jays x Baltimore Orioles
Mascote do Blue Jays

8 – Letreiro e Toronto City Hall

O Famoso Letreiro de Toronto

Quer conhecer um lugar para tirar fotos que vão bombar nas redes sociais? Então me acompanha agora no Letreiro Luminoso de Toronto, que fica na Nathan Phillips Square. Essa praça, que fica no cruzamento da Bay Street com a Queen Street, recebeu esse nome em homenagem ao Prefeito Nathan Phillips, que administrou a cidade entre 1955 e 1962.  O letreiro em si foi inaugurado em 2015 para os Jogos Pan-Americanos que aconteceriam na cidade naquele ano e depois seria retirado. Mas gerou tanto encantamento que acabou ficando definitivamente lá. Vale a pena a visita tanto durante o dia, quanto à noite!!! Depois me fala qual você preferiu…

Letreiro durante o Dia e…
O Letreiro à Noite…

É também nessa Praça Nathan Phillips bem atrás do letreiro com o espelho d’água que fica o Toronto City Hall (ou Prefeitura de Toronto), esse prédio lindo e moderno foi inaugurado em 1965, juntamente com a praça. O projeto futurístico foi de autoria do finlândes Viljo Revell, que ganhou o concurso com seu ousado projeto de um edifício de base retangular, com duas torres curvas e com alturas diferentes na transversal e com uma cúpula arredondada no centro onde fica a Council Chamber (ou Câmara dos Conselheiros). É realmente um prédio que chama a atenção!!!

Toronto City Hall (ou Prefeitura) durante o Dia
Vista Noturna da Prefeitura

Ao lado dessa praça também fica a antiga sede da prefeitura: O Old City Hall, um prédio de arquitetura belíssima, que foi inaugurado em 1899 e permaneceu sediando a Prefeitura até 1965, quando esta mudou para o prédio acima. O Old City Hall foi construído em estilo neo-romanesco que conta com uma torre com relógio e sinos e é o local onde acontece a Parada de Natal.

O Belíssimo Old City Hall

9 – Toronto Eaton Centre/ Path/ Dundas Square

Toronto Eaton Centre

O CF Toronto Eaton Centre ousimplesmente Eaton Centre é um dos principais shoppings centers de Toronto, com uma grande variedade de lojas e marcas famosas, onde você pode encontrar tudo que precisa. Para saber mais informações é só dar uma olhadinha no site: https://www.cfshops.com/toronto-eaton-centre.html. O Eaton Centre faz parte do PATH, que é a Cidade Subterrânea de Toronto, que  conta com lojas, restaurantes e diversos serviços, interligados a estações de metrô, prédios comerciais e pontos turísticos da cidade ao longo dos seus 30 km de extensão. O PATH é uma excelente opção para o inverno de Toronto, que costuma ser bem rigoroso.

Toronto Eaton Centre ligado ao PATH
No Toronto Eaton Centre

Uma das entradas do Eaton Centre fica em frente a Yonge e Dundas Square, que fica no cruzamento entre a Yonge e Dundas Street e é conhecida como a Times Square de Toronto, com seus luminosos e altos prédios ao redor. É considerada uma das grandes atrações turísticas e desde sua inauguração em 1998 sedia vários eventos e reúne muitas pessoas.  Vale a pena conhecer tanto durante o dia quanto à noite.

Yonge-Dundas Square durante o dia…
E fica mais linda ainda ao entardecer
Vista noturna da Yonge-Dundas Square

Ali na Dundas Square também fica uma das unidades do Jack Astor’s Bar e Grill, onde é possível provar o Poutine, um prato bem famoso no Canadá que consiste em batata frita com queijo e molho, e esse delicioso Milk Shake com uma espécie de bolinho de chuva!!!! Para saber mais informações é só consultar o site: http://jackastors.com.

Na espera no Jack Astor’s…
Para provar o Poutine!!!

10 – Ônibus Turístico Hop-on Hop-off

Ônibus Turístico de Toronto

Se você quer explorar a cidade, mas está com pouco tempo, sugiro esse passeio no Ônibus Turístico City-Sightseeing Hop-on Hop-off Toronto, no qual você vai ouvindo sobre os principais pontos turísticos, pode descer para visitá-los e depois pegar o ônibus no mesmo ponto onde desceu ou em qualquer outra parada, quantas vezes que quiser no período de validade do seu ticket. Nós compramos o de duração de 48h por CAD$44,25 por adulto.

Passeando no Bus Hop-On Hop-Off

Ao todo são 20 paradas do ônibus, começando pela Yonge-Dundas Square, seguindo pela Yonge Street e seus cruzamentos, passando pela Bloor Street, pela Casa Loma, Royal Ontario Museum, AGO, CN Tower, Union Station entre outras paradas até chegar no Distillery District (que é um lugar muito legal cheio de arte e entretenimento que vou te contar com detalhes numa próxima postagem).  

Na Entrada do Distillery District
Visitando o Distillery District

Ah! Quando fomos como ainda era na época do verão ganhamos um Cruzeiro pela Toronto Island a bordo do Serendipity Princess. Para saber mais informações sobre o roteiro do ônibus é só dar uma conferida no site: https://city-sightseeing.com/en/13/toronto/15/hop-on-hop-off-toronto.

No Cruzeiro pela Toronto Island com essa vista linda do Downtown

*** Bônus – Niagara Falls

Está gostando do nosso roteiro? O Top 10 de Toronto está chegando ao fim, mas calma que as próximas postagens vão te surpreender com outros lugares incríveis que essa cidade e suas vizinhas nos oferecem. E para já te deixar com um gostinho de quero mais vou te contar qual será o próximo post sobre o Canadá: vamos conhecer Niagara Falls ou Cataratas do Niagara e muitos outros atrativos dessa região que você nem imaginava que existissem… Esse passeio encantador pode ser feito bate e volta de Toronto e com certeza vai encher seus olhos de tanta beleza…

Chegando pertinho das Cataratas do Niagara

*** Agradecimentos /  Thanks

Quero aproveitar esse momento para fazer um agradecimento a pessoas tão queridas que com certeza fizeram essa viagem muito mais especial!!! Começando pelas minhas Professoras de Inglês da Ilac: Andrea e Jessica que foram fundamentais para que eu pudesse me comunicar melhor nos passeios!! A Andrea com toda sua doçura e gentileza e a Jessica com seu bom-humor e espontaneidade faziam com que as aulas fossem realmente produtivas e leves ao mesmo tempo. Agradeço de coração a vocês queridas “Teachers” e espero que continuem sempre assim!!! Eu amei conhecê-las” Muito obrigada!!!

I want to take this moment to say “thanks” to such dear people who made this trip so much more special!!! Starting with my English Teachers at Ilac School: Andrea and Jessica who worked to improve my communication on tours!!! Andrea with all her sweetness and kindness and Jessica with her good humor and spontaneity made the classes really productive and light at the same time. My sincere thanks to you, dear Teachers, and I hope you continue this way!!! I loved to meet you!!! Thank you very much!!!”

Teacher Andrea!!!
Teacher Jessica!!!

Também merecem um agradecimento especial meus colegas de classe!!! Apesar do tempo ser pouco (apenas um mês), foi o suficiente para nos tornarmos grandes amigos e inesquecíveis!!! Nosso time Berry Berry Shark ficará para sempre em nossos corações!!! Meus sinceros agradecimentos a Jussara, Karen, Marcos, Daniela, Bianca, Benjamin, Ahmet, Johan, Merve e toda a turma do M407!!! Além dos queridos: Jaqueline, Jheniffer, Luiz, Rio, Lee e toda a turma das aulas de pronúncia!!! Eu espero que sempre lembrem de mim!!! Eu amei conhecer vocês!!! Muito obrigada!!!

“Also deserve special thanks my classmates!!! Although time was short (only a month), it was enough to become unforgettable and great friends!!! Our team  Berry Berry Shark will be Forever in our hearts!!! My sincere thanks to Jussara, Karen, Marcos, Daniela, Bianca, Benjamin, Ahmet, Johan, Merve and the whole M407 class!!! Besides the dear ones: Jaqueline, Jheniffer, Luiz, Rio, Lee and the whole classmates of pronunciation classes!!! Hope you always remember me!!!! !!! I loved do meet you!!! Thank you very much!!!”

M407 – Berry Berry Shark!!!
Elective Class
Berry Berry Shark Forever!!!!

Pra finalizar, gostaria de agradecer às “Roommates” ou Colegas de Apartamento, como a grande amiga Mari, a Vanessa e a Thais (que chegou no finalzinho, mas ainda tivemos tempo de conhecer) e ao grande parceiro de baladas Alan. Como todos são brasileiros ficará bem mais fácil para mantermos contato!!! Muito obrigada de coração a todos vocês!!! Amei conhecê-los!!! E um agradecimento mais que especial à Minha Querida Irmã Ane, que com certeza, sem ela esse sonho não teria se tornado realidade!!!! Valeu, Maninha!!! Te amo muuuuito!!!!

“Finally, I would like to thank the Roommates, such as the great friend Mari, Vanessa and Thais (who arrived at the end, but we still had time to meet) and the great party partner Alan. As everyone is Brazilian it will be much easier to keep in touch!!! Thank you very much for all of you!!!! I loved to meet you!!!!And a very special thanks to my Dear Sister Ane, that surely without her this dream would not come true!!!! Thanks, Little Sister!!! I love you so much!!!

With the Friends: Alan, Vanessa and Mari at Momentos Party!!!
Rooftoop Lounge with Thais
And with my Little Sister Ane

Não poderia deixar de agradecer também à Maria Paula e a toda a equipe da Hello Study (https://hellostudy.com.br/hc/ptbr) responsáveis pelo intercâmbio e a Juliana, Rebeca e todo o pessoal da Casa Toronto (https://casa-toronto.com/toronto/) que cuidaram da nossa acomodação durante esse período. Meu muito obrigada de coração a todos vocês!!!!

I want also thank Maria Paula and the entire Hello Study team (https://hellostudy.com.br/hc/ptbr) responsible for the exchange and Juliana, Rebeca and all the staff at Casa Toronto (https://casa-toronto.com/toronto/) who took care of our accommodation during this time. My sincere thanks to all of you !!!!

E Gratidão a Deus por ter nos presenteado com essa viagem!!! 🙏🙏🙏🙏

And Thanks to God for giving us this trip!!! 🙏🙏🙏🙏

Com o coração cheio de alegria vou finalizando esse post com essa linda imagem de Toronto à noite!!!! Espero que tenha gostado e te aguardo na próxima postagem!!!!

See you soon Toronto!!!!